Sociedade

Covid-19: Angola sem registo de novos casos há quatro dias

Após quatro dias sem registo de novos casos pela Covid-19, o país tem disponível cloroquina, azitromicina e outros medicamentos para atender eventuais casos confirmados, revelou, ontem, em Luanda, o secretário de Estado para a Saúde Pública.

12/04/2020  Última atualização 08H54
Santos Pedro | Edições Novembro

Franco Mufinda, que falava na habitual conferência de imprensa de actualização dos dados sobre a evolução da pandemia, disse que o número mantém-se inalterado: quatro recuperados, dois óbitos e os 13 internados nas unidades sanitárias. Acrescentou que além dos fármacos que já se encontram no país, também chegaram, no sábado, 25 toneladas de meios de biossegurança, uma aquisição do Estado angolano à República da África do Sul.

Ainda esta semana, frisou, o país vai receber da África do Sul cerca de 75 toneladas de fatos de biossegurança, máscaras e termómetros infra-vermelhos.
O governante avançou que da China virá mais de 9 milhões de máscaras, 350 ventiladores, 90 mil fatos de biossegurança, além de outros meios gastáveis para o combate à pandemia da Covid-19. Franco Mufinda informou que a partir de hoje começa a formação de médicos não-intensivistas, no Centro de Formação da Clínica Multiperfil.

“A partir de simuladores, os médicos apurados no concurso público vão poder adquirir experiência sobre a natureza e actuação do vírus da Covid-19”, disse, sublinhando que o Laboratório do Instituto Nacional de Investigação em Saúde processou 1. 166 amostras. De acordo com o secretário de Estado, o Centro Integrado de Segurança Pública (CISP) registou 17 denúncias por violação de quarentena domiciliar. Realçou que 364 casos suspeito estão a ser seguidos pelas unidades sanitárias.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Sociedade