Sociedade

Covid-19: Angola com mais um óbito e novo infectado

O quadro epidemiológico no país voltou a alterar nas últimas 24 horas, com a ocorrência de mais um óbito e novo infectado de transmissão local, o que perfaz quatro vítimas mortais e 61 pessoas infeccionadas pela Covid-19.

23/05/2020  Última atualização 22H38
Dombele Bernardo | Edições Novembro

Os dados foram revelados, ontem, em Luanda, pelo secretário de Estado para a Saúde Pública. Franco Mufinda não precisou a ligação do contacto do paciente, de 43 anos, infectado pela Covid-19, referindo apenas que está relacionado a um dos casos sobre controlo das autoridades sanitárias que, totaliza 14 infecções. “Temos a comunicar, também, mais um óbito, elevando para quatro o número de mortes.” 

Na habitual conferência de imprensa para actualização de dados da Covi-19, o secretário de Estado referiu-se, também, às amostras recolhidas pelo Instituto Nacional de Investigação de Saúde. No total, foram colhidas 7.258 testes, sendo 61 positivos, 6.752 negativos e 445 estão em processamento.
Quanto aos resultados dos testes realizados durante a cerca sanitária no bairro Hoji-ya-Henda, no município do Cazenga, em Luanda, explicou que podem ser divulgados nas próximas horas.

O Centro Integrado de Segurança Pública registou 51 chamadas, das quais quatro denúncias por contactos directos e 47 ligações relacionadas com pedidos de informações da Covid-19. Franco Mufinda esclareceu que em relação à quarentena institucional foram dadas 20 altas, destas 11 para Luanda, quatro na Luanda Norte, duas no Bié e igual número no Zaíre, e uma em Malanje. A nível nacional, a quarentena institucional controla 1.056.

Por outro lado, o secretário de Estado para a Saúde Pública informou que, ainda ontem, a Comissão Multissectorial recepcionou pouco mais de 26 toneladas de material de biossegurança, que incluiu, também, equipamentos hospitalares. Os meios foram adquirido pelo Executivo na República Popular da China, com vida a dar resposta a Covid-19.

Acções a nível das províncias

Na província do Bengo, as autoridades sanitárias realizaram uma palestra de sensibilização da população sobre as medidas de prevenção na aldeia Uenzo, no município do Ambriz.  Em Benguela, foi feita a colheita e envio de oito amostras ao Instituto Nacional de Investigação de Saúde, capacitação de técnicos de Saúde sobre o uso correcto do material de biossegurança. Também houve a desinfecção da unidade dos bombeiros e do hospital do Caminho-de-Ferro de Benguela, no município do Lobito.

No Cuanza-Norte, foi feita a desinfecção da Direcção Provincial da Educação e do Hospital Materno Infantil, no município do Cazengo. Já no Uíge foi realizada palestras de sensibilização sobre as medidas de prevenção da Covid-19 às autoridades tradicionais, no Maquela do Zombo.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Sociedade