Sociedade

Covid-19: Angola aumenta produção de álcool gel e máscaras

Silva Cacuti

Jornalista

O ministro do Comércio e Indústria, Victor Fernandes, disse ontem, em Luanda, que o país tem capacidade de produzir mais de mil toneladas de álcool gel por mês e aproximadamente dez milhões de máscaras de segunda linha, para uso corrente.

15/04/2020  Última atualização 13H03
Edições Novembro

A informação foi dada, ontem, em Luanda, no final da visita de constatação às empresas Basel Angola, Concentra Angola e Palmas Confecções. Em declarações à imprensa, o ministro Victor Fernandes assegurou que, com esta capacidade, é possível reduzir, em grande medida, a importação do produto no mercado externo e dar prioridade à produção interna.

O director-geral da Basel Angola, Hussein Khatourn, garantiu que a empresa que dirige tem capacidade para produ-zir mil toneladas de ál-cool gel por mês, distribuído em unidades de 300 miligramas, cinco
e vinte litros. Entre as metas para 2020, o responsável apontou o au-mento da produção de álcool gel em mais 15 por cento, bem como a introdução de uma linha de produção de sabão para reduzir a procura do produto no mercado
O director-geral da Palmas Confecções e Pre-
sidente da Associação das Indústrias têxteis, Luís Contreiras, sublinhou que os seus associados podem produzir mais de dez milhões de máscaras de protecção individual por mês, batas e uniformes.
Fernando Cardoso, da Concentra Angola, outro empreendimento visitado pelo ministro do Comércio, garantiu que a empresa que dirige tem capacidade para produzir mais de 30 mil máscaras de protecção individual por mês.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Sociedade