Política

Côte d’Ivoire e Guiné querem ligações aéreas com Angola

Gabriel Bunga

Jornalista

O Vice-Presidente da República, Bornito de Sousa, disse, ontem, em Conacri, que as autoridades da Côte d'Ivoire e da Guiné Conacri manifestaram a intenção de ter ligações aéreas com Angola, no sentido de aprofundar as relações entre os povos.

16/12/2020  Última atualização 10H09
Bornito de Sousa foi recebido pelo Presidente Alpha Condé © Fotografia por: André Malua
Bornito de Sousa falava na Embaixada de Angola na Guiné Conacri, ao fazer o balanço da visita oficial que efectuou aos dois países, em representação do Presidente da República, João Lourenço. O Vice-Presidente participou nas cerimónias de tomada de posse de Alassane Ouattara e de Alpha Condé, da Côte d’Ivoire e da Guiné Conacri, respectivamente.
"Devo referir que em ambos os casos os dois Chefes de Estado manifestaram o agradecimento e, sobretudo, o interesse em estreitar e aprofundar as relações dos dois países e povos”, disse.  Bornito de Sousa disse que nas audiências que os Presidentes da Côte d'Ivoire e da Guiné Conacri lhe concederam entregou as mensagens do Chefe de Estado angolano, João Lourenço. 
O Vice-Presidente da República disse que existe um sentimento de que há um quadro político entre Angola e os dois países que deve ser utilizado para a diversificação do relacionamento em todos os domínios. "Por exemplo, devo referir que nos contactos que fizemos, em Abidjan e mesmo na Guiné, constatámos que há uma esperança de que as ligações aéreas devem ser feitas no sentido de tornar mais fácil o relacionamento entre os nossos países”, sublinhou.
Alpha Condé, de 82 anos, tomou posse no Palácio Mohamed, um edifício oval. A cerimónia foi testemunhada pelos Chefes de Estado do Mali, Serra Leoa, Libéria, Comores, Burkina Faso, Ghana, Togo, Mauritânia, Chade e Congo-Brazzaville. O Vice-Presidente da Re-pública concedeu, ontem, audiências ao Vice-Presidente do Zimbabwe, Constantino Chiwenga, e ao líder do PAIGC da Guiné-Bissau, Simões Pereira.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política