Mundo

Coreia do Sul sem restrições à covid-19

O governo sul-coreano anunciou esta segunda-feira (25) que suspenderá a maioria das restrições sobre o horário comercial e capacidade, e aumentará os incentivos aos totalmente vacinados, a partir de 1 de Novembro, no esquema “conviver com Covid-19” a ser feito em três fases.

25/10/2021  Última atualização 22H03
Cidadãos numa das principais zonas de café em Seul © Fotografia por: DR

A Coreia do Sul relatou 1.190 novos casos nas últimas 24 horas e continua um declínio sustentado no número de casos de coronavírus conforme sua taxa de vacinação atingiu a marca de 70 por cento no fim de semana.

A contagem de segunda-feira, incluindo 1.167 infecções locais, aumentou o número total de casos para 353.089, disse a Agência de Prevenção e Controlo de Doenças da Coreia (KDCA). É uma queda em relação aos 1.423 contados no dia anterior. Novos casos de vírus ficaram abaixo de 2.000 pelo 17º dia consecutivo.

O número de mortos chegou a 2.773, sete a mais que no dia anterior. Os casos diários de vírus tendem a flutuar, dependendo do número de testes de coronavírus, que geralmente diminuem durante os finais de semana e feriados.

A Coreia do Sul tem relatado mais de 1.000 casos por dia desde o início de Julho, mas os números têm diminuído desde que atingiu o pico de 3.272 casos em 25 de Setembro.

O KDCA disse que 40,7 milhões de pessoas, ou 79,4% da população de 52 milhões do país, receberam suas primeiras doses da vacina Covid-19 desde Fevereiro, quando iniciou a campanha de inoculação. O número de pessoas totalmente vacinadas atingiu 35,9 milhões, ou 70,1 por cento.

Com uma taxa cada vez maior de vacinação e com base no julgamento de que a quarta onda da pandemia começou a diminuir, o governo prevê eliminar as restrições à pandemia.

De acordo com os primeiros dados preliminares, serão suspensas a maioria das restrições pandêmicas no horário comercial e na capacidade, e aumentar os incentivos para os vacinados totalmente, a partir de 1 de Novembro, sob o esquema "viver com Covid-19" a ser implementado em três fases.

Cafés, restaurantes e outras instalações multiuso poderão funcionar 24 horas por dia. As empresas haviam sido proibidas de funcionar depois das 22h na área metropolitana de Seul, enquanto as do resto do país funcionavam até meia-noite.

Mas os estabelecimentos comerciais de alto risco, como boates, só poderão funcionar até a meia-noite na Fase 1.

O governo também introduzirá o sistema de "aprovação da vacina", que exige um certificado de vacinação ou um resultado negativo do teste para a entrada em instalações multiuso e de alto risco. Ficam excluídos do sistema aqueles que não estão sujeitos à inoculação por motivo médico, ou pessoas com 18 anos ou menos.

A Covid-19 será tratada como uma doença respiratória infecciosa, como a gripe sazonal, e a resposta do governo ao coronavírus concentrar-se-á mais na prevenção de hospitalizações graves e mortes, ao invés de infecções.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo