Cultura

Coral Infantil Umusa celebra tradição e contemporaneidade

Analtino Santos

Jornalista

O Coral Infantil Umusa é a principal atracção musical, amanhã, na “Jornada Mirin”, no concerto “Umusa Kankulunkulu” a ser realizado, a partir das 16h00, no Palácio de Ferro, em Luanda, tendo como convidados o Coral Sihayamba e Nédios do Ngana, grupos que representam a geração infanto-juvenil da música gospel.

15/06/2024  Última atualização 10H49
Grupo vai apresentar uma variedade de estilos de matriz nacional, com incursão a outros ritmos © Fotografia por: DR

O evento visa celebrar o 16 de Junho, Dia da Criança Africana, e criar um am- biente de adoração e entrega, nesta actuação do Coral Infantil Umusa, grupo sob tutela da coordenação de trabalho com criança da Igreja Metodista Unida de António Rocha.

Segundo África da Gama, porta-voz do grupo, as crianças vão apresentar uma variedade de estilos musicais com realce para a tchianda, kilapanga e massemba de matriz nacional, com incursões da neo soul, jazz fusion e pop.

Com estas propostas rítmicas as mensagens de adoração são encontradas em "Levou Cruz”, "Kua Jezu Eme” e "Gratidão”, temas que estão a ser ensaiados.

"Estamos a preparar acima de tudo um momento que valorize a cultura africana e angolana em particular. Nós queremos que as pessoas saiam de lá com dois prismas adicionais, primeiro a valorização das nossas línguas e renovadas. É importante que as crianças tenham contacto com as línguas africanas”, disse.

O Coral Infantil Umusa é formado por crianças dos 5 aos 13 anos de idade que se dedicam a vários estilos de música do tradicional ao contemporâneo. Actualmente, conta com 100 integrantes, sendo 60 participantes assíduos. Quanto à denominação do coral, "Umusa” é uma palavra oriunda do zulu que significa graça.

O grupo ficou consagrado como Coral Infantil Umusa, a 11 de Dezembro de 2022 e é dirigido pela equipa técnica liderada pelo Irmão Rogério Veloso.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Cultura