Economia

Cooperativa “Primeira Meta” emprega jovens

Matias da Costa | Cuito

Jornalista

Um grupo de quarenta jovens da localidade do Cutato, município do Chinguar, na província do Bié, formalizou, recentemente, a criação da cooperativa agrícola “Primeira Meta”, com a finalidade de gerar vários postos de trabalho aos outros jovens da Região.

21/10/2021  Última atualização 07H30
A agricultura é o sector que ocupa a maioria da juventude © Fotografia por: João Constantino | Edições Novembro
Têm disponível uma área cultivável de 106 hectares de terra, onde pretendem fazer produção diversa, mas com destaque para os cereais.

Neste momento, a cooperativa "Primeira Meta" garantiu já empregos eventuais para mais de 100 jovens entre homens e mulheres.

A iniciativa mereceu particular incentivo do governador do Bié, Pereira Alfredo, que em visita ao projecto, procedeu à entrega de alfaias agrícolas e um leque variado de sementes para alavancar a produção.

Pereira Alfredo considerou que a iniciativa simboliza a promoção que se quer da diversificação da economia através da agricultura.

O governador tem-se mostrado um impulsionador das actividades agrícolas na província, tendo lembrado que, a nível local, se está a promover a conversão do informal para o formal no sentido de os produtores associados, de forma organizada, receberem apoios do Governo.

"Reconheço e felicito a existência dentro de novos potenciais agricultores a figura de jovens, por esta franja entender ser possível, a partir da terra, produzir bens de que muito necessitamos e, mais essencial, criar números consideráveis de emprego”, disse.

Com a produção de tomate, pimento, repolho e milho, o presidente da cooperativa garantiu uma prospecção na cultura do trigo nas próximas épocas agrícolas e, com isso, aumentar o número de trabalhadores.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia