Regiões

Contadores de energia estão a ser vandalizados

Contadores do sistema pré-pago de energia eléctrica, instalados nos apartamentos da centralidade do distrito urbano do Mussungue, no Dundo, província da Lunda-Norte, estão a ser vandalizados.

07/03/2020  Última atualização 11H49
DR

 A denúncia foi feita ontem à imprensa pelo chefe da Empresa Nacional de Distribuição de Electricidade (Ende) na Lunda-Norte, Felisberto Gomes.

Segundo o responsável, foram identificados sete apartamentos cujos moradores efectuaram ligações clandestinas de energia eléctrica a partir de residências de vizinhos.
Felisberto Gomes disse que, além da danificação dos equipamentos e prejuízos aos moradores que possuem contratos, as ligações anárquicas têm estado constantemente a causar curto circuito ao sistema eléctrico dos edifícios.
“Além da campanha de sensibilização, para que pessoas abdiquem da prática de consumo de energia eléctrica por via de ligações clandestinas, os infractores vão também ser responsabilizados criminalmente.Por isso, incluímos na missão, agentes do Serviço de Investigação Criminal, que vão trabalhar connosco durante três meses".
O responsável informou que, a nível da centralidade do Mussungue, a Ende tem o registo de quatro mil e 18 clientes que consomem energia através do sistema pré-pago. “ Estamos a projectar, para este ano, a instalação de 106 contadores pré-pagos em algumas residências do distrito urbano do Dundo”, avançou.
Actualmente, o controlo de consumo de energia eléctrica por parte dos clientes da Ende, através de sistema pré-pago só funciona, por enquanto, na centralidade do Mussungue.
A Ende controla um total de 15 mil clientes , cuja maioria não cumpre com as obrigações contratuais, segundo Felisberto Gomes.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Regiões