Regiões

Consórcio espanhol/angolano executa plano de urbanização

Lourenço Bule| Menongue

Jornalista

O consórcio espanhol/angolano CEDRUS/IDON, vencedor de um concurso público, tem quatro meses para começar a apresentar os resultados do Plano de Desenvolvimento Urbano do Cuando Cubango, denominado KK-2050, que visa a melhoria da qualidade de vida de cerca de 700 mil habitantes.

26/07/2021  Última atualização 04H55
© Fotografia por: DR
O projecto, avaliado em mais de 830 milhões de kwanzas, está enquadrado no Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM). 


A primeira fase das obras, que prevê a construção de infra-estruturas e serviços modernos, nos nove municípios da província, nos domínios dos Transportes e Telecomunicações, Saúde,  Agricultura, Educação, Turismo, Desporto, Cultura, Energia e Águas, entre outros ramos, vai ser executada em 30 anos e será financiada pelo Tesouro Nacional e outras entidades do país e estrangeiras. 


O governador provincial, Júlio Bessa, disse que os técnicos que elaboraram os documentos basearam-se no Plano de Desenvolvimento Estratégico da Província de 2013-2017 "e outros suportes legais, tendo em conta as principais vocações da região, que são a agricultura e o ecoturismo”. 


"O plano é o resultado de um diagnóstico profundo efectuado na província, que permitiu identificar, caracterizar as suas potencialidades e o estado das infra-estruturas, para se responder às necessidades das populações a médio e longo prazos”, frisou. 


Segundo o governante, o plano prevê, também, a racionalização do uso dos solos e a sua gestão eficiente, criação de equipamentos e serviços indispensáveis e loteamento de terras para a construção dirigida. 


Júlio Bessa assegurou que os programas e projectos que serão elaborados "vão proporcionar melhores condições para a prática da agricultura em grande escala, turismo empresarial, ordenamento do território, planeamento urbano das sedes municipais e comunais, construção de infra-estruturas rodoviárias, económicas, sociais e a dinamização dos transportes.  
Apesar de existir uma proposta do Presidente da República para a divisão política e administrativa do Cuando Cubango, disse, o projecto KK-2050 vai seguir o seu curso normal.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Regiões