Mundo

Conselho de Soberania apela à unidade no Sudão

O chefe do Conselho de Soberania do Sudão pediu, ontem, unidade, após uma tentativa de golpe de Estado fracassada. Segundo a AFP, o general Abdel-Fattah Burhan fez o apelo durante uma visita a uma base militar em Cartum.

23/09/2021  Última atualização 06H20
General Abdel Fattah Burhan diz que o país está controlado © Fotografia por: DR
"Não vamos entregar o Sudão a um partido desconhecido, não vamos entregar o Sudão a forças desconhecidas. Queremos entregar o Sudão às forças nacionais, ou partidos, que cuidarão da sua segurança, protecção e unidade”, disse.

 O chefe militar sublinhou que ainda mantém a "esperança de que um dia nos uniremos como forças civis e militares para construir o Sudão com que os nossos filhos sonham, um Sudão de liberdade, paz e verdadeira justiça”.

 O general Burhan sublinhou que apesar da tentativa de golpe, o conselho e os militares continuam a controlar o país. No entanto, ressaltou a fragilidade do rumo do Sudão para a democracia, mais de dois anos após o derrube de Omar al-Bashir.

 Uma fonte militar disse que um número não especificado de soldados do corpo blindado estava por detrás da tentativa de golpe. O oficial, que falou sob condição de anonimato porque não estava autorizado a prestar declarações, disse que mais de três dezenas de militares, incluindo oficiais de alto escalão, foram presos.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo