Cultura

Concurso de encenações duplas vai homenagear a classe artística

Manuel Albano

Jornalista

A segunda edição do Prémio Teatro de Encenações Duplas realiza de 17 a 27 de Março do próximo ano, na Liga Africana, em Luanda, em alusão ao Dia Mundial do Teatro, e vai homenagear 20 figuras vivas que se tenham destacado em prol do desenvolvimento das artes cénicas nacional ao longo dos tempos.

22/09/2022  Última atualização 07H05
Dupla de teatro foi distinguida pela abordagem que fez sobre a Comunicação Social angolana em espectáculo de teatro © Fotografia por: DR

De acordo com o director do prémio, um projecto da produtora Cena Livre, a apresentação do concurso à imprensa acontece, hoje, às 16h00, na Mediateca de Luanda, junto ao Largo das Escolas, em Luanda.

Segundo Walter Cristóvão, o concurso é de carácter competitivo e para aproxima edição serão acrescidas mais duas categorias nas dez já existentes.

De acordo com o regulamento do prémio, cada grupo deve homenagear uma individualidade do teatro. Os grupos passam a candidatar-se ao concurso a partir de hoje até 22 de Outubro deste ano, para depois serem seleccionados os 17 finalistas.

Os três primeiros classificados do concurso, que procura também reconhecer os profissionais da dramaturgia, recebem como prémios monetários, a quantia de 600, 300 e 250 mil kwanzas, respectivamente, um diploma de mérito e um troféu. Os vencedores de cada uma das classes técnicas ou individuais ganham a quantia de 50 mil kwanzas e um diploma de mérito.

Para avaliar os concorrentes, a organização convidou um júri composto por Anacleta Pereira (Elinga Teatro), Manuel Teixeira "Avô Ngola” (Julu), Sidónio Massoxi (professor de teatro) e o director da Casa Museu Óscar Ribas, Sidónio Domingos.

Durante o concurso, lembrou, vão ser ainda premiados os espectáculos do ponto de vista técnico, como produção, cenografia, dramaturgia, figurino, caracterização e iluminação.

 A organização pretende, também, realizar uma homenagem aos actores e dramaturgos nacionais já falecidos.O regulamento do concurso, explicou, permite apenas a estreia dos 17 espectáculos dos  grupos de teatro apurados nesta edição, mais os três melhores espectáculos da edição anterior, que decorreu de 3 a 26 de Março deste ano, no Elinga Teatro, com as participações de grupos e companhias de Luanda, Benguela, Huíla, Namibe e Uíge. "As duplas devem ser um actor e uma actriz, não necessariamente do mesmo grupo” advertiu Walter Cristóvão.

Incentivos  aos criadores

O director do concurso disse que o festival foi criado para ajudar a retirar o teatro da "apatia em que se encontra nos últimos anos, por conta da falta de apoios directos à classe nacional”.

Para o encenador do Miragem Teatro, o concurso é, também, uma forma de resposta à falta de prémios virados para as artes cénicas, assim como recuperar a mística deixada pelo histórico Prémio de Teatro Cidade de Luanda.

Desta forma, referiu, com a criação do Prémio Teatro de Duplas é uma forma de contribuir ainda mais para este sector, devido à crescente adaptação feita por muitos organizadores de festivais, criados inicialmente sem carácter competitivo, mas forçados a tal pela ausência deste género de concursos”, sublinhou.

Com a criação de festivais do género, frisou, é preciso também prestar-separticular atenção ao trabalho realizado por figuras do teatro, esquecidas com o passar dos anos, e que precisam uma maior visibilidade pelocontributo prestado para o desenvolvimento das artes cénicas no país.

Com o teatro a conquistar gradualmente posições de destaque no cenários cultural e artístico nacional e estrangeiro, passa a ser importante umacelebração condigna do Dia Mundial de Teatro, como uma forma de valorização da classe e as conquistas ao longo dos últimos anos.Walter Cristóvão destacou, ainda, que o prémio procura incentivar e dar visibilidade a algumas categorias em muitos dos concursos realizados, demodo a que os profissionais destes sectores não se sintam marginalizados, especialmente as classes ligadas à produção de espectáculos.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Cultura