Economia

Concessionária e TotalEnergies reforçam participação

A Agência Nacional de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANPG) e a TotalEnergies anunciaram a decisão final de investimento de 850 milhões de dólares para o desenvolvimento CLOV Fase 3, com o potencial de adicionar 30 mil barris de petróleo por dia à produção do Bloco 17, de acordo com um comunicado emitido, está quinta-feira, pelo concessionário nacional de hidrocarbonetos.

10/06/2022  Última atualização 11H13
Produção adicional de 30 mil barris por dia no Bloco 17 © Fotografia por: DR

O desenvolvimento CLOV Fase 3, implantado no "offshore” profundo do Bloco 17, a 150 quilómetros da costa angolana, é uma extensão da rede de produção submarina e da interligação à unidade flutuante de produção e armazenamento (FPSO), para sustentar a produção do campo, iniciada em 2014.

Esta nova componente, nota o documento da ANPG, é a primeira a beneficiar da padronização de equipamentos submarinos no Bloco 17, mercê de opções  contratuais e de engenharia que representam uma redução de custos que acaba por beneficiar a carteira de projectos de ciclo curto nos campos do Bloco.

Para o presidente do Conselho de Administração da ANPG, Paulino Jerónimo, a decisão "contribuirá claramente para que Angola mantenha os seus níveis de produção nacional, assim como para a optimização das instalações e dos recursos existentes.

"Este desenvolvimento vai maximizar a utilização da infra-estrutura CLOV existente, permitindo produzir petróleo com menos custos e com menos intensidade de carbono, em linha com a estratégia da TotalEnergies”, disse o director-geral da TotalEnergies EP Angola.

Olivier Jouny insiste em que o projecto "abre um novo ciclo no Bloco 17, em que a padronização de equipamentos submarinos para futuros desenvolvimentos trará uma redução de custos na ordem dos 20 por cento e pode gerar oportunidades para manter a produção em outros FPSO”.

 

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia