Mundo

Comissão eleitoral descarta recontagem de votos electrónicos

As autoridades eleitorais de Moscovo rejeitaram, ontem, a possibilidade de uma recontagem dos votos electrónicos feitos durante as eleições legislativas de domingo, após o órgão supervisor das eleições na capital ter anunciado que o iria fazer.

23/09/2021  Última atualização 05H10
Russos elegeram os deputados para a câmara baixa © Fotografia por: DR
 "Após o anúncio dos resultados eleitorais, só um tribunal pode tomar uma decisão sobre uma nova recontagem. Os resultados das eleições em Moscovo já foram publicados, não é possível voltar a contar” os votos, declarou o vice-presidente da comissão eleitoral da capital russa, Dmitri Reut, citado pela agência Interfax.
 Ontem, o órgão de supervisão de Moscovo anunciou que faria uma nova recontagem dos votos electrónicos para as eleições da Duma - câmara baixa do Parlamento russo - na capital, na sequência de várias acusações de fraude.

 Pouco depois do anúncio, que gerou muita expectativa, o líder da comissão observadora da entidade, Alexei Venediktov, disse que não se tratava de uma "recontagem vinculativa”, mas sim de um "comprovativo para confirmar ou descartar suspeitas de uma má contagem”.

 Venekditov, director da estação de rádio Echo de Moscovo, declarada "agente estrangeiro” pelas autoridades russas pela sua postura crítica em relação ao Kremlin, tinha pedido à comissão central de eleições que guardasse todos os documentos impressos da votação em linha para os comparar com os dados digitais.

 

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo