Regiões

Comboios modernos aumentam opções nos transportes públicos

A anunciada entrada em funcionamento, este mês, de três Unidades Múltiplas Diesel (DMU), os conhecidos comboios modernos, na província de Benguela e no Lobito, particularmente, vêem aumentar o leque em termos de opção na mobilidade da população da urbe, de um ponto para outro, através destes importantes meios de transportes.

02/09/2022  Última atualização 08H35
Comboios modernos começam a operar na região este mês © Fotografia por: Júlio Galiano| Edições Novembro

A boa nova foi anunciada por João Lourenço, nas vestes de candidato a Presidente da República pelo MPLA, no acto de massas de 18 de Agosto, em Benguela.

Os ditos comboios modernos, que o país acabou de adquirir e que já fazem a ligação Luanda-Viana, com perspectiva de chegarem a Catete, podem transportar, de uma só vez, 700 passageiros sentados.

Ottoniel Manuel, administrador executivo para Área Técnica do Caminho-de-Ferro de Benguela, destacou as valências da entrada em funcionamento das três DMU na província e no Lobito, em particular. "Estas representam uma mais-valia para a província, dado que irão melhorar, exponencialmente, a mobilidade urbana, já que são equipamentos específicos para o transporte de passageiros”, disse.

Quanto à ligação do ramal ferroviário, que ligará o CFB à Zâmbia, numa extensão de 259 quilómetros, até ao ponto fronteiriço de Jimbe e é financiada pelo Banco Africano de Desenvolvimento (BDA), o responsável ferroviário indicou os enormes benefícios que resultarão deste.

"Irá permitir o escoamento dos produtos, sobretudo minérios provenientes da Zâmbia, concretamente da região de Cooperbelt, além de servir de transporte de muita produção ‘made in Angola’. Por isso, é bastante benéfica a entrada em funcionamento destas unidades”, realçou.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Regiões