Economia

Colheitas ascendem quase 20 por cento em Cambambe

As colheitas da primeira época da campanha agrícola 2020-2021 ascenderam, em Cambambe, Cuanza-Norte, para 67 549 toneladas, mais cerca de 19 por cento que em igual período do ano agrícola 2019-2020, afirmou o responsável da Estação de Desenvolvimento Agrário (EDA) do município.

08/01/2021  Última atualização 13H45
© Fotografia por: Edições Novembro
Manuel Mateus disse à Angop que, na primeira época, a produção situou-se em 540 toneladas de mandioca, 480 de banana, 16 de batata-doce, 10 de milho, além de quantidades indeterminadas de feijão vulgar, feijão-frade e amendoim (ginguba).Em entrevista explicou que o aumento da produção resultou do empenho dos camponeses no plantio de tubérculos, raízes e cereais em terrenos irrigados e húmidos. 

A produção contou com o envolvimento de 5 250 famílias inseridas no Programa de Extensão e Desenvolvimento Rural (PEDR), 1 200 no Programa de Fomento da Actividade Agrícola e 2 603 camponeses associados em cooperativas agrícolas. Os produtores cultivaram uma área de 4 702 hectares, 252 dos quais por mecanização, nas comunas de Massangano, Danje-ya-Menha, São Pedro da Quilemba e Zenza-do-Itombe.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia