Regiões

Colégio de sobas pretende aumentar os conhecimentos

Adolfo Mundombe/Huambo

Jornalista

O colégio de sobas na província do Huambo manifestou, na semana finda, o desejo de prosseguir com a formação académica, tendo em conta as constantes transformações que o país e o mundo vivem e os desafios das novas tecnologias, disse o soberano do Huambo.

04/10/2021  Última atualização 10H31
© Fotografia por: DR
Artur Mosso proferiu estas declarações aquando da visita de membros do secretariado da comissão executiva do MPLA, encabeçada pelo segundo secretário do Huambo, à "Ombala Grande”.

O soberano do Huambo solicitou apoio para que as autoridades competentes facilitem o processo de acesso às unidades escolares existentes na região.


 "Os sobas precisam estudar, uma vez que o país está a evoluir dia após dia. Os outros estão a doutorar-se e nós não podemos estar de fora, apesar da idade”, disse.


Acrescentou que, devido à falta de capacidade financeira, os sobas precisam de apoio para pagar as propinas, para darem continuidade aos estudos, para não serem ultrapassados.


O segundo secretário provincial do MPLA, Adérito Samucambo, prometeu fazer advocacia para se ultrapassar as preocupações manifestadas pelas autoridades tradicionais do reino do Huambo. "A preocupação colocada é justa, por isso vamos apoiar, para que possam ser inseridas nas instituições de ensino”.  

 

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Regiões