Cultura

Circuito Internacional de Teatro leva colectivos de arte ao Lubango

Ao todo, doze grupos de teatro das províncias de Luanda, Huambo, Namibe e Huíla participam desde sábado até domingo, no Lubango, na 7ª edição Circuito Internacional de Teatro (CIT), no âmbito das comemorações do Centenário do primeiro Presidente de Angola, Agostinho Neto.

28/09/2022  Última atualização 10H56
Grupos de teatro das províncias de Luanda © Fotografia por: DR

O evento cultural, que decorre sob égide do projecto "Cultura para todos”, em parceria com o Governo local, junta os grupos "Água”, "Luz ao Palco”, "Caf Teatro”, "Molas do Tchioco”, "Maxico Teatro”, "Luz Esperança”, "Orquídea”, "Voz do Sol”, "Cola Selma” e "Candimbas de Santa Cecília”.

Durante as sessões estão a ser passadas mensagens que ressaltam as memórias do "Poeta Maior” e fundador da nação angolana.

Falando no acto de abertura, o director-geral do CIT, Adérito Rodrigues, afirmou que a actividade faz parte de um projecto denominado "Cultura para todos”, uma plataforma de acção artística e movimento juvenil de capacitação e formação do homem angolano desencadeada desde 2016.

Segundo o responsável, esse festival de teatro vai permitir, igualmente, promover os valores da cultura, através da composição, encenação e exibição de peças de artes cénicas. Considerou que na vida dos povos e das nações, homens que, pelos seus feitos imensuráveis, ficam indelevelmente marcados na sua história.

"Falamos hoje de Agostinho Neto, um dos fazedores mais destemidos da história, de uma figura de dimensão universal cuja estatura, abrangendo a nação angolana, se projecta no mundo para se converter num património comum da humanidade”, disse Adérito Rodrigues.

A 7ª edição celebra-se durante cinco meses, isto é, de Maio a Setembro, sendo o Centenário de Agostinho Neto o foco.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Cultura