Regiões

Chuva desaba residência e faz uma vítima mortal

Marcelino Wambo | Huambo

Jornalista

O desabamento de uma residência, em consequência da chuva, causou a morte imediata do jovem Avelino Freitas, de 18 anos, residente na aldeia de Cawiya, município do Cachiungo, no Huambo, informou, ontem, o porta-voz do Comando do Serviço de Protecção Civil e Bombeiro.

30/09/2022  Última atualização 07H45
Efectivos têm alertado para o risco das cacimbas © Fotografia por: DR

Francisco Muhepa Joaquim disse à imprensa que a chuva, além de ter causado uma morte, destruiu, no município do Londuimbali, os tectos de 25 casas, deixando desabrigada igual número de famílias, em danos materiais ainda não calculados.

O Serviço de Protecção Civil e Bombeiro removeu, também, o cadáver de uma menor de cinco anos, no interior de uma cacimba, onde caiu na tentativa de retirar água com um balde. Além desta ocorrência, disse, tiveram o registo de um incêndio de média proporção causado por curto-circuito no interior de uma residência sem danos materiais.

O agente bombeiro de 1ª classe realçou que os efectivos da corporação realizaram 115 trabalhos profiláticos nas comunidades com maior concentração populacional, com realce para os municípios do Huambo, Bailundo, Cachiungo e Caála.

Entre as actividades feitas, ao longo da semana finda, destacou, há ainda a destacar o trabalho de levantamento de algumas cacimbas, assim como o de sensibilização em algumas comunidades sobre a importância da fiscalização, regular, das zonas de riscos.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Regiões