Mundo

Chefe da Junta Militar faz juramento de honra

O chefe da Junta no poder na República da Guiné, o coronel Mamady Doumbouya, fez, ontem, um juramento de compromisso de honra no Palácio Mohamed V, o mesmo onde permanece o ex-Presidente Alpha Condé, deposto a 5 de Setembro através de um golpe de Estado.

02/10/2021  Última atualização 06H00
Mamady Doumbouya ignora pressão para libertar Alpha Condé © Fotografia por: DR
O chefe do Grupo das Forças Especiais (GFS) foi nomeado chefe do Conselho Nacional para Reunião e Desenvolvimento (CNTRD), algumas horas depois da Junta Militar tomar o poder. Num comunicado, lido na televisão nacional, foi referido que o coronel Doumbouya é empossado de acordo com a Carta de Transição publicada segunda-feira. A referida carta, que serve de lei fundamental até à adopção de uma nova Constituição, não especifica a sua duração, mas prevê a nomeação de um civil como Chefe de Governo.


O presidente e os membros do Conselho Nacional de Transição (CNT) não serão candidatos a quaisquer eleições nacionais ou locais, refere o documento. Esta carta funcionará como lei fundamental até à aprovação de uma nova Constituição.



Os órgãos de transição são o Presidente, o Governo, chefiado por um Primeiro-Ministro e o Conselho Nacional de Transição (CNT), composto por 81 membros, oriundos das forças vitais da nação, em particular partidos políticos, a sociedade civil, a diáspora, organizações sociais, profissionais e religiosas.

O texto, que não dá detalhes sobre a duração da transição, sublinha que nenhum membro das instituições dissolvidas a 5 de Setembro, poucas horas depois do golpe de Estado que derrubou o Presidente da República, Alpha Condé, vai figurar na lista de 81 membros do CNT.

Desde a independência, em 1958, a Guiné passou por três transições, nomeadamente em 1984 depois do golpe de Estado ocorrido um dia após a morte do primeiro Presidente do país, Ahmed Sekou Touré, em 2008, após a tomada do poder por jovens oficiais, poucas horas após a morte do então Chefe do Estado, general Lansana Conté.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo