Desporto

Censo de biótipos são feitos no próximo ano

O primeiro censo antropométrico de identificação de biótipos é realizado em 2020, numa estratégia do Ministério da Juventude e Desportos (Minjud), em parceria com o Instituto Nacional de Estatística, revelou o director do Centro de Medicina (CNMD), João Mulima.

05/05/2019  Última atualização 11H37
Edições Novembro © Fotografia por: Director do Centro de Medicina Desportiva, João Mulima

O recenseamento inédito visa a elaboração de um mapa com informações específicas dos eventuais atletas e maximizar os resultados da massificação, nas distintas modalidades. Um ano depois, garantiu João Mulima, ha-verá condições para implementação, e os benefícios serão inúmeros.
"Hoje a generalização é feita de forma aleatória. Com o censo, os talentos vão se suplantar, e conquistar várias medalhas. Por exemplo, vamos descobrir em que parte do país estão os indivíduos altos, baixos, com os membros superiores e inferiores maiores. Precisamos de saber quais as características físicas dos progenitores e dos avós. Deste modo, saberemos se o biótipo do atleta é endomorfo (gordo), mesoformo (musculado) ou ectomorfo (magro e alto)", explicou.
Com vista o alcance dos melhores resultados, foi cria-da uma comissão integrada
por membros do CNMD, da Direcção Nacional dos Desportos, do Instituto de Estatística e do Ministério do Planeamento.
"Contamos com o apoio dos professores Victorino Cunha e Isabel Major. As associações de treinadores de andebol, basquetebol e futebol também fazem parte do grupo de trabalho", disse o médico, tendo acrescentando, que já partilharam a iniciativa com as federações, clubes e associações provinciais.
A comissão aguarda pelas contribuições dos agentes desportivos até final de Junho: " em algumas situações os resultados das selecções foram os piores porque os adversários eram superiores do ponto de vista da envergadura física. Portanto, vamos entrar para área da investigação científica, e evitar que situações do género prevaleçam ".
O nome, data de nascimento, idade, peso, cintura, tamanho do tronco e do pé são alguns dos indicadores de identificação pessoal a serem aplicados durante o censo.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Desporto