Política

Casa de Segurança entrega bens diversos ao Lar Beiral

A Casa de Segurança do Presidente da República procedeu, ontem, à entrega de duas toneladas de produtos alimentares diversos ao Lar de Terceira Idade do Beiral, situado no bairro da Terra Nova, Distrito Urbano do Rangel, no âmbito da sua campanha “Natal Solidário”.

31/12/2019  Última atualização 17H22
José Cola| Edições Novembro

Além de bens alimentares, aquele órgão auxiliar do Presidente da República procedeu, também,à entrega àquele centro de acolhimento de idosos de 226 mil kwanzas. Os produtos foram entregues pelo tenente-general José Manuel Fernandes, secretário-geral da Casa de Segurança em representação do ministro de Estado e Chefe da Casa de Segurança do Presidente da República, Pedro Sebastião. A responsável do centro, Guiomar Damião, agradeceu o gesto, sublinhando que a ajuda daquele órgão militar vai aliviar as muitas dificuldades com que se depara aquele centro de acolhimento de idosos. “Não temos palavras para agradecer este gesto tão benéfico e que vai ajudar, de certa maneira, as muitas almas que vivem neste local. Esperamos que outras entidades governamentais sigam o mesmo exemplo”, disse Guiomar Damião.
O Lar de Terceira Idade do Beiral alberga cem idosos, dos quais 35 senhoras. O mesmo tem um centro médico, com dois especialistas, que diariamente assistem situações pontuais dos idosos, sendo as complicadas encaminhadas para o Hospital Américo Boavida.
No dia 1 de Outubro, dedicado ao Idoso, a directora Guiomar Damião revelou que este ano o Beiral registou o falecimento de sete idosos por doença, tendo a instituição se responsabilizado pelos funerais. “Eram idosos cujo estado de saúde exigia a sua permanência em hospitais e não no Beiral”, disse, acrescentando que alguns filhos, depois de saberem que os pais estão no Beiral, fazem visitas clandestinas e acompanhamento à distância.
A directora do Beiral de-nuncia que muitos desses filhos, ao tomarem conhecimento da morte do pai ou da mãe no Beiral, vão a correr buscar o boletim de óbito para se apoderarem da casa.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política