Política

CASA-CE reafirma participação nas próximas eleições

O Colégio Presidencial da CASA-CE reafirmou, esta sexta-feira (21), em Luanda, por consenso, a participação nas próximas eleições previstas para Agosto deste ano, enquanto Coligação de partidos políticos registada pelo Tribunal Constitucional, com a denominação Convergência Ampla de Salvação de Angola – Coligação Eleitoral (CASA-CE).

22/01/2022  Última atualização 06H55
Presidente da CASA-CE, Manuel Fernandes © Fotografia por: Edições Novembro
Em comunicado, tornado público depois da 1ª reunião ordinária referente ao ano político 2022, realizada quarta-feira e após o encontro de ontem, as  lideranças dos partidos políticos membros da CASA-CE reflectiram sobre as questões fracturantes relativas à vida interna da Coligação.

Segundo o documento a que o Jornal de Angola teve acesso, outra decisão da reunião foi a reafirmação da confiança a Manuel Fernandes como presidente da CASA-CE, além de ter sido aceite o pedido de retirada do Bloco Democrático, não de forma parcial como pretende, mas total, "no sentido de permitir que ambas as forças políticas preparem com o máximo de liberdade e autonomia a participação nas próximas eleições gerais”.

Manteve-se, igualmente, o 31 de Janeiro para a abertura do  ano político 2022, em sede do qual os partidos membros da CASA-CE, representados pelos seus presidentes deverão renovar o pacto para a participação, em Coligação, às próximas eleições gerais.

O Colégio Presidencial apelou também a todos os militantes e quadros da CASA-CE, comprometidos com a causa de Angola e dos angolanos, a continuarem firmes, serenos, engajados e atentos às manobras que visam descredibilizar a organização e todo esforço empreendido pela sua liderança, em prol de uma participação responsável, positiva e airosa no pleito de Agosto.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política