Política

Cartão de Eleitor deixa de ser usado em 2027

Domingos Mucuta | Lubango

Jornalista

O director nacional do Registo Eleitoral Oficioso revelou, ontem, na Chibia, província da Huíla, que o “Cartão de Eleitor vai ser descontinuado até 2027”, com a massificação do Bilhete de Identidade.

25/09/2021  Última atualização 09H15
Ministro da Administração do Território constatou o processo no município da Chibia © Fotografia por: Arimateia Baptista | Edições Novembro| Huíla
Fernando Paixão, que falava no fim da visita de  constatação do ministro da Administração do Território, Marcy Lopes, ao Balcão Único de Atendimento ao Público (BUAP), no município da Chibia, acrescentou que as Eleições Gerais de 2022 "serão as últimas em que alguns cidadãos vão votar com o Cartão de Eleitor e outros com o Bilhete de Identidade”. "A nossa  lógica é que, a partir das eleições de 2027, nenhum cidadão com capacidade eleitoral use o Cartão de Eleitor para efeito de voto, mas sim o Bilhete de Identidade”, clarificou. 

O processo do Registo Eleitoral Oficioso, iniciado quinta-feira em todo o país, decorre com a emissão do Cartão de Munícipe. Explicou que o documento serve para certificar a morada dos cidadãos e permite às autoridades eleitorais definir a mesa de voto onde o eleitor vai exercer o direito de voto. 

Fernando Paixão adiantou que a segunda fase do Registo Eleitoral Oficioso será presencial nas zonas sem os serviços de emissão do Bilhete de Identidade. Referiu que, nesta altura, decorre o levantamento dos dados dos cidadãos angolanos na diáspora, antes do arranque do processo no estrangeiro. 

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política