Economia

Captação de investimentos entre as prioridades na Feira Intra Africana

As potencialidades que Angola oferece para o fomento de investimentos nos mais variados sectores, entre os quais a agricultura, indústria transformadora, transportes, seguros, entre outras áreas, estarão em destaque a partir de segunda-feira na maior Feira Comercial Intra Africana (IAFT), de 15 a 21 deste mês em Durban, África do Sul.

14/11/2021  Última atualização 22H59
© Fotografia por: CEDIDA

Angola faz-se presente no evento com mais de 30 expositores, entre  empresários, instituições bancárias e associações empresariais, numa coordenação institucional do Ministério da Indústria e Comércio, com o apoio executivo da Comunidade das Empresas Exportadoras e Internacionalizadas de Angola (CEEIA) e Agência de Investimento Privado e Exportação (AIPEX).

De acordo com o presidente da CEEIA, Agostinho Kapaia, a participação na Feira insere-se numa estratégia público-privada, no sentido de se tirar melhor proveito das oportunidades de negócios existentes no continente.

O também embaixador da IATF e porta-voz do evento, pela delegação angolana, referiu que o momento é propício para o tema da diplomacia económica, pelo que faz todo o sentido despertar-se na captação de investimentos para o fortalecimento da economia nacional.

Segundo Agostinho Kapaia, Angola vai apresentar na Feira vários temas para diálogo com os investidores, sendo a questão do plano de privatizações, em curso no país, um dos grandes pontos a dar a conhecer aos interessados no mercado angolano.

"É importante que tenhamos empresas angolanas a captar investimentos e a investir no continente, pois estamos diante de oportunidades que devemos saber aproveitar”, disse, acrescentando que o evento ganha maior dimensão se se atender ao facto de Angola ser também subscritor da Zona Livre de Comércio Continental.

"Só num único evento temos oportunidade de interagir com economias de 55 países, com consumidores acima de 1.2 biliões habitantes, num mercado avaliado em mais de 40 biliões de dólares”, referiu, considerando fundamental explorar e conhecer as inúmeras possibilidades que o continente oferece para posicionar as marcas nacionais no espaço de comércio internacional.

O fórum de negócios, cuja abertura será liderada pelo Presidente da África do Sul, Cyril Ramaphosa, decorre no Centro de Convenções Inkosi Albert Luthuli, em Durban.

A delegação é coordenada pelo secretário de Estado do Comércio, Amadeu Nunes, além de integrar o secretário de Estado para a Comunicação Social, Nuno Caldas, a embaixadora de Angola na África do Sul, Filomena Delegado, presidentes dos conselhos de Administração de empresas públicas e representantes de bancos angolanos, quadros seniores do Governo.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia