Cultura

Canção “Angola te Espera” conquista o Festival Patriótico

Analtino Santos

Jornalista

“Angola te Espera” é o título da música vencedora da I edição do Festival Nacional da Canção Patriótica, interpretada por Obadias Correia, durante a gala do Dia do Herói Nacional, numa iniciativa do Grupo Boa Vida e do Ministério da Cultura, Turismo e Ambiente.

20/09/2021  Última atualização 05H00
Vencedor recebeu das mãos de Jomo Fortunato um prémio no valor de dois milhões de Kwanzas © Fotografia por: DR
O ministro da Cultura, Jomo Fortunato, que fez a entrega do prémio ao vencedor, disse estar satisfeito pela qualidade dos temas e a entrega dos participantes. O ministério, destacou, está aberto a parcerias idênticas, em especial as que enaltecem valores essenciais à valorização da cultura e da identidade nacional, como o patriotismo.


O segundo lugar ficou com Bruno de Sousa, com "Bons dias Virão”, enquanto o terceiro foi para Solange Candinho, com o tema "Paz e Amor”. Ao vencedor foi atribuído o prémio de dois milhões de kwanzas. O segundo classificado recebeu um milhão de kz. O terceiro levou para casa 500 mil kz.


Os vencedores, todos de Luanda, foram agraciados após a avaliação do júri, presidido pelo músico Carlos Lamartine, em que faziam parte Euclides da Lomba, Margareth do Rosário, Fábio Dance e Clethus.


Ao vencedor, a organização garante ainda a gravação de um CD, assim como de um vídeo promocional. No final, Obadias Correia disse que dedica o prémio à noiva, à igreja Tocoísta no Mundo e à Polícia Nacional, "onde aprendi muito sobre patriotismo”.


O presidente do Grupo Boa Vida, Tomasz Dowbor, informou que com o festival, a empresa pretende ajudar a resgatar e dar mais simbolismo à palavra patriotismo, através da promoção das artes e incentivo a descoberta e projecção de novos talentos. O responsável informou que esperam realizar o festival com uma periodicidade anual.


A gala teve a participação de concorrentes de outras províncias, com realce para a Lunda Norte, Cabinda, Namibe, Hu-ambo,  Cuando Cubango e Huíla. Entre os nomes de destaque constam os de Rui Tomas, que cantou "Mais Angola”, Miro Shine, com "Mendigo”, Fatimata Ba, com "Pátria”, Zander Kipuco, com "Filho desta Pátria”, Joana Carneiro, com "Angola vai crescer”, e o Trio EBD, com a canção "Mulher angolana” .


A I edição do festival contou, também, com outros candidatos de Luanda, como Mário Freitas, que interpretou "Mais Angola”, Fernando Fuxi, com "11 de Novembro”, Jacinto André, com "Corre atrás dos teus sonhos”, Maria Faustino, com "Valorize os seus pais”, e Lusa, com "Somos Angola”.


O festival começou ao som do ritmo tradicional do sul de Angola, com o grupo Os Vindjomba, seguidos da actuação de Moniz de Almeida, com "Minha Viola”, e a exibição de um vídeo de Jennifer Tavares, intérprete de "Nova Angola”.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Cultura