Regiões

Campus Universitário da IECA concluído em 2023 na Missão do Dondi

Estácio Camassete | Huambo

Jornalista

O campus universitário, que está a ser erguido, na Missão do Dondi da Igreja Evangélica Congregacional em Angola (IECA), no município do Cachiungo, no Huambo, fica concluído, no próximo ano, anunciou o secretário provincial a instituição religiosa.

11/11/2022  Última atualização 09H35
Reverendo Gilberto Ndunduma anuncia projectos da IECA © Fotografia por: Estácio Camassete | Edições Novembro
O reverendo Gilberto Ndunduma avançou que o campus, com capacidade para acolher mais de três mil estudantes em regime de internato, tem as obras orçadas em mais de cinco mil milhões de kwanzas.

O secretário provincial da IECA considerou o investimento como um dos grandes ganhos da agremiação cristã, que tem 142 anos de existência, uma vez que, além de formar milhares de jovens, assegura empregos para centenas de pessoas.

A construção, iniciada em Julho, decorre num espaço superior a cinco quilómetros, onde vão funcionar todos os serviços básicos que uma Instituição de Ensino Superior precisa. Prevê-se a instalação de um campo agrícola, que vai ajudar na prática do cultivo e para sustentar parte do internato.

O secretário provincial da IECA disse que as obras do Campus Universitário já têm um curso acelerado em alvenaria e estão a cargo de uma construtora chinesa, sob fiscalização de uma instituição portuguesa.

O Campus Universitário do Dondi vai proporcionar para cada área do saber um edifício com laboratórios, bibliotecas e oficinas independentes.

O reverendo Gilberto Ndunduma acredita que o empreendimento vai

proporcionar o desenvolvimento do município do Cachiungo, uma vez que ser um elemento impulsionador do surgimento de muitos serviços sociais em diferentes pontos da cidade.

Instituto superior

Para além do campus, que está a ser construído, a igreja tem a primeira parte do projecto do Instituto Superior da IECA, com 13 salas de aula, no antigo edifício da Missão do Dondi, já foram reabilitadas.

O instituto pode arrancar, inicialmente, com aulas nos cursos de Engenharia em Agropecuária, Arquitectura, Ciências Médica e da Educação e Teologia, numa altura em que se espera pela resposta do Conselho de Ministros.

A institucionalização do Ensino Superior na Missão do Dondi é um sonho antigo dos missionários, tendo em conta que a expansão da igreja abriu a necessidade de um centro de formação de homens.

Aliás, contou o reverendo, antes, em 1914, a Missão tinha criado o Instituto Curie do Dondi, onde passaram muitos jovens.

O reverendo Gilberto Ndunduma salientou que as diferentes instituições do Estado estão a ajudar para que o projecto seja implementado, uma vez que os especialistas do Ministério do Ensino Superior já visitaram o Dondi por duas vezes e avaliaram o espaço.

"Esses peritos do Ministério remeteram o projecto ao Conselho de Ministros, que, em tempo próprio, vai dar a resposta, uma vez que há muito interesse dos jovens em ingressar no Ensino Superior”, rematou.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Regiões