Sociedade

Camelos chegam ao namibe para o fomento do Turismo

O primeiro lote de 101 camelos foi entregue, quarta-feira, na província do Namibe, visando incentivar o turismo naquela região.

13/06/2024  Última atualização 09H32
Primeiro lote foi entregue ontem na província © Fotografia por: DR

Segundo o governo do Namibe, foi concretizado, dessa forma, mais um passo do projecto que visa à reprodução e repovoamento de camelos na província, que se torna cada dia mais uma promessa do turismo em Angola.

Após um acordo público-privado, os Emirados Árabes Unidos e o Governo Provincial do Namibe estão a trabalhar num projecto de instalação de camelos e produção de tâmaras, com o objectivo de aumentar a produção, promover o turismo e incentivar a região desértica do Namibe, além de produzir frutos relacionados ao micro-clima local.

Com a chegada desses 101 camelos, o Namibe, agora tem mais um produto turístico que pode ser encontrado na estação Zootécnica do Caraculo, que fica a 60 km da cidade de Moçâmedes, segundo o governo local. Além de ser um dos mais antigos do mundo, o deserto do Namibe tem particularidades únicas, como a sua ligação ao mar e as inúmeras dunas de perder de vista, em meio a uma biodiversidade rica em espécies singulares.

Com base nesse conjunto de elementos, esta região do país é considerada uma área prioritária para o desenvolvimento turístico.

Para isso, uma série de iniciativas têm sido tomadas com o objectivo de criar as condições ideais para atrair turistas e investidores.

O vice-governador provincial para o Sector Político, Social e Económico, Abel Kapitango, em declarações à imprensa, adiantou que a chegada dos camelos veio contribuir para o crescimento do turismo no País.

O projecto de cooperação com os Emirados Árabes Unidos, consequentemente, vai incentivar o turismo e a pecuária, considerada uma das maiores economias da região, transformando o Namibe no Centro de criação, transformação e comercialização de carne e leite de camelo.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Sociedade