Política

“Camaradas” apresentam programa de governação

O primeiro-secretário provincial do MPLA, no Cuando Cubango, José Martins, apresentou, esta segundafeira, à comunidade angolana residente no Rundu, capital da região Namibiana de Okavango, o manifesto eleitoral e as principais linhas de força do partido para o próximo mandato, em caso de vitória nas Eleições Gerais de 24 deste mês.

16/08/2022  Última atualização 08H40
Militantes do MPLA mobilizados para o pleito de 24 de Agosto © Fotografia por: Nicolau Vasco| Edições Novembro

No acto político de massas que decorreu na casa cultural de Angola Dr. António Agostinho Neto, situada naquela região fronteiriça com o Cuando Cubango, explicou às dezenas de angolanos que afluíram ao local os passos dados em todo o processo eleitoral em curso no país e pediu a população para depositar o voto a favor do MPLA que se encontra na posição oito do boletim de voto.

A cidade do Rundu (Namíbia) e a vila de Calai (Cuando Cubango), separadas apenas pelo rio Kubango, é a localidade do norte da Namíbia que congrega o maior número de angolanos naquele país vizinho, motivo pelo qual José Martins não quis passar despercebido e apelou a todos com capacidade eleitoral activa para afluírem em massa nas assembleias de voto, ali onde se registaram para votar.

"Eu sei que muitos de vocês aqui no Rundu, devido aos laços sanguíneos com os vossos irmãos que vivem no Calai, Dirico e Cuangar, os três municípios do Cuando Cubango que fazem fronteira com a Namíbia, durante o processo de registo eleitoral escolheram para votar em território angolano, então não se esqueçam de transporem os postos fronteiriços com antecedência, para poderem exercer o seu direito cívico”, alertou.

José Martins explicou as razões da necessidade de apostarem na continuidade, porque no período pós-independência e eleitoral de 1992, o MPLA não conseguiu exercer o poder de governação, por conta do conflito armado e depois do alcance da paz surgiram vários fenómenos, entre os quais, a recessão económica, Covid-19, crise económica mundial entre outros.


Lourenço Manuel | Rundu  

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política