Política

Cabo Verde pretende optimizar cooperação

O Presidente de Cabo Verde, Carlos Jorge Fonseca, manifestou, ontem, em Benguela, a vontade do país em optimizar as relações bilaterais com Angola, através de parcerias estratégicas.

19/07/2021  Última atualização 05H10
Presidente de Cabo Verde © Fotografia por: Dombele Bernardo | Edições Novembro
Em declarações à imprensa, depois de uma visita à comunidade cabo-verdiana em Benguela, o Presidente apontou alguns eixos no sector da economia que considera muito importantes para alavancar a parceria entre os dois Estados.

A título de exemplo, referiu-se aos transportes aéreos, onde, disse, as duas companhias de bandeira nacionais podem cooperar com mais vigor.

"A companhia cabo-verdiana tem licenças para voar para os Estados Unidos e, através desta parceria, a Linhas Aéreas de Angola (TAAG) poderia tirar proveito desta rota", referiu o estadista, citado pela Angop.

Acrescentou que o seu país tem grande potencialidade e experiência nas áreas do turismo e hotelaria e pode passar os seus conhecimentos para Angola.

Referiu-se, ainda, aos acordos que Cabo Verde tem com a Comunidade de Estados da África Ocidental (CEDEAO) e podem também abrir portas para Angola entrar naquele "grande mercado".

Em relação às potencialidades de Angola, lembrou do processo no qual o país disponibilizou a Cabo Verde terrenos agrícolas na Quibala, Cuanza-Sul.

Jorge Carlos Fonseca participou, sábado, na Cimeira da CPLP, em Luanda.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política