Regiões

Cabinda está parcialmente privada de energia eléctrica

Uma avaria registada na madrugada de sexta-feira, na linha subterrânea de transporte de energia eléctrica da Central Térmica de Malembo, para a subestação de M'Buco, privou, parcialmente, a distribuição de corrente eléctrica a toda zona norte da cidade de Cabinda, noticia a Angop.

23/12/2019  Última atualização 19H17
DR


O secretário provincial da Energia e Águas, Rafael Paca, garantiu que equipas técnicas da ENDE já trabalham no local para averiguar a causa da avaria.
Os trabalhos começaram a ser feitos na sexta-feira, com vista a reposição da energia às zonas que cobrem os bairros de Cabassango, Simulambuco, Nbuco-Goio, Chimindelo, Nbuco e Zongolo. "As nossas equipas estão a fazer tudo para que nas próximas horas consigam repor o fornecimento de energia às zonas afectadas”, garantiu o responsável. A cidade de Cabinda tem registado constantes cortes de energia eléctrica devido ao estado absoleto da rede de distribuição, tendo em conta as subcargas de consumo que se registam nesta altura das festas de Natal e do Ano Novo.
Muito recentemente, foram inauguradas duas subestações na zona Sul da cidade de Cabinda, concretamente na área de Matadouro e Sende-Santa-Catarina.
Esses dois empreendimentos que entraram em funcionamento em Setembro deste ano, têm uma produção em conjunto de 75 megawatts.
O plano do sector é melhorar cada vez mais a qualidade na oferta do produto ao consumidor, no quadro do Projecto Global de Electrificação e instalação de ligações domi- ciliárias da cidade de Ca- binda e arreadores, bem como na Vila de Lândana.
A subestação de Matadouro, zona de aeroporto de Cabinda, produz 50 megawatts de potência de energia de alta tensão, vinda da Central Térmica de Malembo, para ser transformada até 15 kaveares de saída em média tensão, enquanto a outra, localizada no Sende, mais ao Sul da cidade, tem uma potência de 25 megawatts de alta tensão e 30 de saída em média tensão.
A actual capacidade de produção de energia vinda da central térmica de Malembo é de 95 megawatts acrescidos com mais 30 da subestação de Chibodo e 10 da Santa Catarina.
Mais de 60 mil consumidores recebem corrente eléctrica na cidade de Cabinda e Vila de Lândana-Cacongo.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Regiões