Mundo

Burkina Faso promete extraditar Campaoré

O Governo de Transição do Burkina Faso garantiu, este domingo, ter dado todas as garantias para facilitar a extradição de François Compaoré no quadro do assassinato de Norbert Zongo, jornalista de investigação, em 1998.

09/05/2022  Última atualização 12H40
© Fotografia por: DR
"O Governo de Transição está a acompanhar de perto a evolução do processo judicial relativo à extradição do Paul François Compaoré, implicado no assassinato, a 13 de Dezembro de 1998, em Sapouy, do jornalista investigativo Norbert Zongo", disse o Governo em comunicado divulgado pela France Press.

Segundo o Governo, o Ministério da Justiça, a quem compete a gestão deste processo, já fez chegar, a quem de direito, todas as respostas às questões colocadas no âmbito deste processo, a pedido das autoridades francesas. " O Governo assegura à imprensa nacional e internacional a plena disponibilidade para  facilitar o desfecho deste emblemático processo, mantendo-se dedicado ao princípio da verdade'', precisa o comunicado.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo