Mundo

Buhari pede aos ministros que se demitam se querem concorrer às presidenciais

O Presidente da Nigéria, Muhammadu Buhari, pediu, quinta-feira, aos seus ministros que renunciem se estiverem dispostos a concorrer às eleições gerais do próximo ano, revelou o porta-voz do Governo, Lai Mohammed, citado pela Reuters.

13/05/2022  Última atualização 07H15
© Fotografia por: DR

Os nigerianos irão às urnas em Fevereiro do próximo ano para escolher um novo Presidente, governadores estaduais, senadores e membros da Câmara dos Deputados. Pelo menos cinco membros do Governo concorrem às eleições, incluindo os ministros dos Transportes e do Trabalho. Lai Mohammed disse que o Vice-Presidente, Yemi Osinbajo, foi excluído dessa directiva, pois foi eleito em conjunto com o actual Presidente. Osinbajo deverá concorrer pelo partido de Buhari, o Congresso de todos os Progressistas. A directiva presidencial foi possibilitada por uma lei eleitoral alterada no início deste ano.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo