Economia

Brent vendido a 86,71 dólares

O preço do barril de petróleo Brent atingiu, segunda-feira (17), 86, 71 dólares, um máximo em três anos, após perturbações na oferta na Líbia e na Nigéria, entre outros países, e por um aumento da procura, apesar da variante Ómicron.

18/01/2022  Última atualização 10H12
© Fotografia por: DR
Vários factores contribuíram para esse aumento, nomeadamente as interrupções na produção "na Líbia, na Nigéria, em Angola, no Equador e, mais recentemente, no Canadá devido ao frio extremo", explicou Hussein Sayed, analista da Exinity, citado pela AFP.
"Os mercados continuam concentrados no delicado equilíbrio entre a oferta e a procura, que parece ter um impacto bastante grande nas oscilações de preços durante a recuperação económica pós-pandemia", disse Walid Koudmani, analista da XTB.
A Nigéria, por exemplo, produz menos meio milhão de barris por dia desde meados de 2020. Muitos analistas esperam agora que os preços do petróleo possam ultrapassar os 90 dólares por barril ou até os 100 dólares.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia