Desporto

Bravos do Maquis impõe empate ao 1º de Agosto

O FC Bravos do Maquis impôs um rigoroso empate, sem golos, ao 1º de Agosto, no desafio de cartaz da 23ª jornada do Campeonato Nacional de Futebol da I Divisão, Girabola'2020/21, e complicou as contas do tetracampeão, que pode ser alcançado na liderança da competição, quando os mais directos concorrentes na disputa do título efectuarem os seus jogos.

06/06/2021  Última atualização 05H35
Atacantes ficaram em branco na partida e defraudaram a expectativa de golos dos adeptos © Fotografia por: João Gomes | Edições Novembro
Numa partida pautada pelo equilíbrio, militares e maquisardes repartiram pontos, resultado que não agradou os técnicos das equipas. Quer Zeca Amaral quer Paulo Duarte ambicionavam outro resultado, mas as defesas certamente foram mais fortes que os sectores atacantes.
Igualdade sem golos registou-se igualmente no desafio entre Académica do Lobito e Recreativo do Libolo, numa partida onde os contendores foram incapazes de violar as redes contrárias.


O Wiliete de Benguela foi ao Estádio Municipal do Tafe surpreender o Sporting de Cabinda, ao vencer por 2-3. Os forasteiros abriram o marcador através de João Vala, aos 14 minutos, e Castro igualou a partida, aos 31. Diew desfez o empate, aos 44, colocando outra vez  a equipa benguelense em vantagem, mas Glauco Fanfam voltou a igualar a contenda e Yele fechou a contagem, aos 87', para a formação visitante. De realçar que o jogador que apontou o terceiro golo do Wiliete jogou pelo Sporting de Cabinda na primeira volta do campeonato.


Petro espreita liderança

O Petro de Luanda pode alcançar o 1º de Agosto na liderança do campeonato, caso vença hoje o Progresso Sambizanga, na sequência da disputa da jornada. A partida estava prevista para ontem, no Estádio Nacional 11 de Novembro, mas a pedido dos tricolores, que alegaram cansaço da equipa por ter jogado na quarta-feira para a Taça de Angola, foi transferida para hoje às 16h00.
A equipa do Eixo-Viário é amplamente favorita, mas tem de se precaver para evitar dissabores, ante um adversário faminto de pontos e que pretende inverter a série de maus resultados nas últimas jornadas.

O Cuando Cubango, que regressa à competição depois de férias forçadas pelos casos positivos da Covid-19, recebe no Estádio dos Eucaliptos, no Cuito, o Santa Rita FC, num duelo entre equipas que lutam para evitar a despromoção. Os "anfitriões” assumem o favoritismo, cabendo aos católicos do Uíge contrariar os intentos  do adversário. O equilíbrio deve ser a tónica dominante.

Quem vai tentar tirar partido do factor casa é o Ferrovia do Huambo na recepção ao Interclube. Uma tarefa hercúlea, tendo em conta as diferenças de objectivos e qualidade dos plantéis. Mas, Agostinho Tramagal promete surpreender os forasteiros.
A jornada fica incompleta, já que os jogo Sagrada Esperança - Recreativo do Libolo foi adiado devido a casos positivos da Covid-19 na equipa do Cuanza-Sul.   


Amândio Clemente

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Desporto