Economia

BNI vende com quase 100 kwanzas a mais na banca

O Banco de Negócios Internacional (BNI) vende, hoje, no mercado cambial, a nota de euro com 90,2 kwanzas a mais em relação ao preço mais alto apurado nos demais operadores.

14/10/2020  Última atualização 11H53
DR © Fotografia por: BNI cobra 878,606 pelo euro

De acordo com a tabela di-vulgada pelo Banco Nacional de Angola (BNA), o BNI está a cobrar 878,606 kwanzas por cada euro, contra os 788,353 kwanzas fixado pelo Banco Keve (BKeve), o segundo mais caro. Os dois bancos também são os que vendem o dólar ao preço mais alto, com taxas de 668,096 kwanzas no BNI e 667,888 no BKeve. A taxa média apurada no mercado cambial é de 784,926 kwanzas para o euro e 659,784 kwanzas para o dólar.
Na tabela do banco central, 18 bancos têm taxas abaixo da média, o que significa dizer que um conjunto de seis (6) bancos com preços acima pressionam as operações diárias.

Em relação ao preço mais baixo na venda de divisas, seja do euro ou do dólar, são os bancos Comercial Angolano (BCA), com 645,000 kwanzas por cada dólar, e o Standard Bank Angola (SBA), com 764,473 kwanzas pelo euro, os que se mostraram mais atractivos. As operações da banca comercial ocorrem num período em que o BNA realizou leilão a prazo na maturidade de 30 dias (um mês), fixando uma taxa média de 650,387 kwanzas.
Pelas ruas de Luanda, o dólar está a ser vendido a 810 kwanzas e o euro a 910 kwanzas. As variações diárias permitem aferir uma maior apreciação das divisas.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia