Economia

BNA quer sector Financeiro mais atractivo para os privados

O Banco Nacional de Angola (BNA) está a realizar, nos últimos dias, encontros com vários operadores no mercado com o objectivo de tornar o sector Financeiro nacional mais atractivo para o investimento privado.

22/09/2022  Última atualização 09H00
Banco Nacional de Angola © Fotografia por: DR

No que diz respeito ao acesso ao crédito na banca, o banco central fez sair um anúncio por via do qual orienta a que os cidadãos denunciem quaisquer dificuldades de acesso aos diversos produtos financeiros disponíveis na banca.

No âmbito das iniciativas regulares de auscultação do BNA aos importadores e distribuidores de bens alimentares, o governador José de Lima Massano, reuniu recentemente com os principais operadores da cadeia de importação e distribuição de bens de amplo consumo.

Durante o encontro destacou-se, no contexto internacional, o conflito militar no Europa do Leste, as condições climatéricas adversas, bem como a Pandemia da Covid 2019, cujos impactos recaíram sobre os preços das commodities energéticas e alimentares que vêm subindo de modo acentuado, gerando fortes pressões inflacionistas na generalidade das economias mundiais. Quanto à economia nacional, foi realçada a desaceleração da inflação desde o início do ano 2022, a estabilização do mercado cambial, marcado pela apreciação do Kwanza face as moedas dos principais parceiros comerciais de Angola e aumento da oferta de bens essenciais.

José de Lima Massano assinalou que a consistência do processo de desinflacção cria condições para a revisão das taxas de juro diretoras, pese embora a prevalência de um contexto externo ainda de grandes incertezas.

Por seu turno, os principais importadores e distribuidores de bens alimentares expressaram reconhecimento pela evolução dos principais indicadores macroeconómicos, mostrando-se mais positivos e confiantes quanto ao futuro, pese embora persistirem relevantes preocupações, incluindo com os custos associados ao crédito ao sector do Comércio.

Na ocasião, os operadores indicaram terem condições criadas para assegurar o mesmo sentido de oferta de bens no último quadrimestre do ano. Os encontros de auscultação aos operadores económicos permitem promover a partilha de informações relevantes sobre a dinâmica da economia nacional e internacional, recolher contribuições relevantes para a formulação da política monetária, visando a garantia da estabilidade de preços.

 

Concurso público

O Banco Nacional de Angola (BNA) procedeu, ontem, a abertura do concurso público para contratação de prestação de serviços de manutenção geral e limpeza da Direcção Regional Sudeste na província de Menongue, Cuando Cubango, no âmbito da Lei dos contratos públicos em vigor no mercado.

Segundo um comunicado do BNA, as candidaturas devem ser submetidas no site da instituição no prazo de cinco dias, onde poderão igualmente encontrar as peças do referido concurso.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia