Economia

BNA mantém os juros

O BNA manteve os juros, mas elevou o coeficiente da reservas obrigatórias dos bancos comerciais de 17 para 22 por cento, na reunião de ontem do Comité de Política Monetária (CPM).

29/05/2021  Última atualização 07H00
© Fotografia por: DR
A decisão está baseada na evolução dos principais indicadores económicos de Marco e Abril, quando as reservas internacionais líquidas caíram 8,42 mil milhões de dólares, para 7,99 mil milhões, uma evolução que fontes deste jornal afirmaram, depois, poder estar relacionada com a decisão e elevar o coeficiente de reservas obrigatórias.O comunicado lido pelo governador do Banco Nacional de Angola (BNA), José de Lima Massano, no fim da reunião, dá conta da decisão do CPM de manter a taxa básica de juro em 15,5 por cento.
O banco central também manteve a taxa de juro da facilidade permanente de cedência de liquidez indexada ao juro dos Bilhetes do Tesouro a 91 dias em 19,8 por cento e a da facilidade de absorção de liquidez a sete dias em 12 por cento.O documento aponta como estando na base dessas decisões, o facto de persistirem pressões inflacionistas na economia, com o Índice de Preços no Consumidor Nacional a disparar de 1,78 por cento, em Março, para 2,09, em Abril, elevando a inflação acumulada para 7,65 e a homóloga (a 12 meses) para 24,82 por cento.  >
O comportamento da inflação naquele período é atribuído a uma redução da oferta interna de bens alimentares, não suficientemente compensada por importações, levando o banco central a antecipar que a inflação atinja 19,5 por cento no final de 2021, contra a previsão inicial de 18,7 por cento. Os números apontam para uma interrupção da trajectória da apreciação do kwanza iniciada em Novembro de 2020, com a moeda nacional a depreciar-se, em Abril, 3,25 e 6,08 por cento face ao Dólar e ao Euro, reduzindo a apreciação acumulada nos primeiro quatro meses do ano para 0,51 e 1,94 por cento.Em Março, o kwanza acumulou ganhos de 1,24 e 4,48 por cento em relação às moedas norte-americana e europeia.O stock de Reservas Internacionais Brutas situou-se em 14,59 mil milhões de dólares norte-americanos em Abril, contra 14,98 mil milhões em Março, equivalente a um grau de cobertura de importações de bens e serviços de aproximadamente 11 meses.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia