Economia

BNA e INE concertam sobre informação estatística

Regina Handa

O governador do Banco Nacional de Angola (BNA), José de Lima Massano, e a directora-geral do Instituto Nacional de Estatística (INE), Channey Rosa John, assinaram, terça-feira (7), em Luanda, o memorando de entendimento que visa aperfeiçoar o intercâmbio na produção e difusão de dados estatísticos.

08/12/2021  Última atualização 08H45
Channey Rosa John e José de Lima Massano selam compromisso de reforço da cooperação © Fotografia por: DR
Segundo o governador do Banco Nacional de Angola (BNA), José de Lima Massano, o trabalho do Instituto Nacional de Estatística (INE) é fundamental e uma das principais fontes de alimentação paras as decisões do banco central, no que diz respeito a estabilidade dos preços na economia.

Para a directora do INE, o acordo concretiza as intenções de reforço da cooperação institucional, cujo o fim último é reflectir-se num serviço público cada vez mais variado e rico, pronto a satisfazer ainda mais as necessidades estatísticas oficiais do país e o mundo.

De acordo com a gestora, o INE embarca nesse quadro, completamente disponível para colaborar em diversas matérias de estatísticas gerais e específicas, designadamente dados de estatísticas da população, produção de inquéritos essenciais para o desenvolvimento do observatório de inclusão financeira e outros que o BNA, oportunamente, venha a solicitar no âmbito do memorando.

Channey Rosa John disse que o INE dirige a actuação na produção de dados estatísticos de qualidade e, portanto, conduz esse processo movido pela eficiência dos inquéritos, análise rigorosa dos dados e divulgação calendarizada da informação.

"É neste prisma que entendemos, desde já, que se deverá nortear a base de cooperação bilateral, no propósito de apoiar o desenvolvimento económico e social do país", disse. É entendimento do INE que a elevação em base formal da cooperação com o BNA inaugura um histórico recheado de informação estatística em áreas de interesse comum e de benefícios mútuos, mormente no plano social, económico, financeiro e, sobretudo, institucional.

"A assinatura deste memorando de entendimento entre o INE e o BNA constitui desde já um sinalizador ao INE para estar em prontidão no aperfeiçoamento do intercâmbio na produção e difusão de dados estatísticos no país", disse.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia