Economia

BFA revê em alta crescimento de Angola para até 5,7%

O Gabinete de Estudos Económicos do Banco Fomento Angola melhorou nesta terça-feira a previsão de crescimento de Angola para até 5,7% este ano, estimando também que o sector petrolífero cresça pela primeira vez desde 2015.

03/05/2022  Última atualização 16H03
© Fotografia por: DR

"A economia petrolífera deve registar ligeiro crescimento, resultado de aumentos na produção, particularmente no Bloco 18 (Platina), Bloco 15/06 (Cuica e Ndungu) e Bloco 17 (Zinia Fase 2 e Clov Fase 2), e em resultado destes aumentos, combinado com resultados da expansão da refinaria de Luanda (cuja primeira fase estará operacional em meados deste ano), esperamos um crescimento do PIB petrolífero entre 1,6 e 2,1%, o primeiro ano de aumento desde 2015", escreve o BFA.

Numa nota de análise aos números da economia angolana, citada hoje pela Lusa, os analistas escrevem também: "no total da economia, esperamos uma subida do PIB entre os 5,2 e os 5,7%, o que configuraria o ritmo de crescimento mais elevado desde 2012, quando a economia expandiu 8,5%".

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia