Economia

BFA e Económico divisas com as taxas de câmbio mais altas

Os bancos de Fomento Angola (BFA), Económico (BE) e de Negócios Internacional (BNI) encerraram a semana, ontem, com as mais altas taxas de venda do dólar no interbancário, situadas em 634.009, 632,813 e 629,533 kwanzas, indicam números do mercado cambial divulgados pelo BNA.

20/06/2020  Última atualização 13H15
DR © Fotografia por: Câmbio do BFA?para a venda do dólar foi em mais de 4,00 por cento superior ao do Banco Kwanza Invest

Com o Banco Comercial do Huambo (BCH), BE e BFA também transaccionaram o euro às taxas mais elevadas entre os bancos comerciais, a 708,965, 713,309 e 713,250 kwanzas, acrescentam os dados. As taxas cobradas pelo BFA, BE e BNI para venda do dólar representam até 2,15 por cento mais que a taxa média (620,654) a que os bancos comerciais transaccionaram o dólar ontem, elevando-se, também, em 4,17, 3,97 e 3,45 por cento sobre as taxas mais baixas, cobradas pelos bancos Kwanza Invest (BKI, 603,643 kwanzas), de Desenvolvimento de Angola (BDA, 613,977) e Millennium Atlântico (ATL, 614,615).

As taxas mais altas cobradas para o euro, do BE, BFA e BCH, sobrepõem-se em até 2,12 por cento a média do sistema e em 7,17, 7,16 e 6,38 por cento ao câmbio mais baixo, solicitado pelo Standard Chartered Bank Angola (SCBA, 665,576 kwanzas), BKI (634,729) e ATL (691,442).

O kwanza acumulou, durante a semana, perdas de 0,4 por cento diante do dólar, de 2,5 por cento ao longo de Junho, 24,7 por cento desde Janeiro e 76,7 por cento em 12 meses, de acordo com números publicados pela Bloomberg.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia