Cultura

Beni dya Mbaxi participa em colectânea internacional

O escritor Beni dya Mbaxi participa na colectânea sobre literatura de fantasia urbana, com o conto intitulado “Caixão Vazio”.

18/06/2024  Última atualização 12H03
Escritor angolano tem o conto “Caixão Vazio” na antologia © Fotografia por: DR

Autor de sete obras publicadas, é o único escritor angolano a participar na colectânea, que conta com a participação de outros vários escritores africanos e brasileiros, com o objectivo de mostrar os acontecimentos paralelos, em cidades reais.

O trabalho conjunto foi organizado pela escritora brasileira Lu Vans, tem o prefácio do autor argentino Sergio Gaut vel Hartman e participação especial de Ana Lúcia Merege, do Brasil.

Para o escritor Beni Dya Mbaxi fazer parte da colectânea foi algo memorável, porque foi a primeira vez que escreveu literatura de fantasia urbana.

"Por isso, além de um privilégio, também foi um grande desafio, pois nunca passou pela minha cabeça que um dia escreveria literatura de fantasia urbana, portanto, é algo que será sempre honrado e lembrado por mim”, disse.

Segundo o escritor, o conto "Caixão Vazio” retrata um acontecimento extraordinário numa cidade conhecida como cidade da Congeral, onde de repente a população viu o céu a escurecer e houve gritos ensurdecedor vindo de uma escola muito conhecida naquele lugar, a população clamava por socorro, ninguém compreendia o que realmente estava a acontecer, até verem muitos caixões em meio de um vento muito forte e homicida.

Para além do conto "Caixão Vazio” do angolano Beni dya Mbaxi, destacam-se ainda "O segundo passageiro” do autor egípcio Aisha El Saadawi, "Aconteceu no final de Outubro” de Christina Engela da África do Sul, "Cordyceps” de Alvin Kathembe do Quénia e "Concentração, concentração” de Arcane Ace da Nigéria.

O Brasil com a maior participação, contam com "Amar Lisboa” de Ana Lúcia Merege, "Pista Norte” de Ursulla Mackenzie, "Na trincheira da João Negrão” de Liana Zilber Vivekananda, "Todos os rios desaguam em Janeiro” de Luiz Felipe Vasques, "O Rio não é para amadores” de Bruno Leandro, "A cidade dos badilus” de Alessandra Dossena, "Trabalho de campo” de Lu Evans.

De acordo com Beni Dya Mbaxi, a obra está disponível na plataforma Amazon nos formatos, físico e digital.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Cultura