Regiões

Benguela reforça aposta na melhoria do ensino

Júlio Gaiano | Benguela

Jornalista

O governador de Benguela, Luís da Fonseca Nunes, prometeu melhorias no sector da Educação, de forma a melhorar as condições das 300 mil crianças inseridas no sistema de ensino e aprendizagem.

29/07/2022  Última atualização 09H15
Governo tem feito uma grande aposta no sector da Educação para inserir mais alunos no sistema © Fotografia por: DR

Luís da Fonseca Nunes, que visitou alguns municípios da província para avaliar o andamento das obras do Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM) e do Programa de Investimentos Públicos (PIP), garantiu melhores condições no próximo ano lectivo. 

Um dos desafios para os próximos anos, prometeu, é a redução, na província, do número de crianças fora do sistema de ensino.

O governador reconheceu que o número de escolas inauguradas ainda é insuficiente, para a quantidade de alunos fora do sistema de ensino, estimados em 150 mil, devido à falta de salas de aula, situação que está a ser resolvida, aos poucos, com a inauguração de mais estabelecimentos de ensino nas comunidades. 

Acrescentou que é prioridade do Executivo angolano apostar na formação do homem e na melhoria e aumento das infra-estruturas ligadas ao sector da Educação, visando a melhoria do processo de ensino e aprendizagem. 

"Caso tudo corra como o previsto, entre Setembro e Outubro, a maioria das obras do PIIM são entregues, entre elas escolas nos municípios de Caimbambo, Cubal e Chongoroi”, adiantou. O Governo de Benguela, acrescentou, tem como meta a inauguração, ainda este ano, de 400 salas de aula, construídas no âmbito do PIIM e do PIP.   

 

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Regiões