Sociedade

Benguela: Polícia dá prioridade aos processos-crime

Maximiano Filipe | Benguela

Jornalista

Um total de 1.342 processos de natureza criminal, resultantes das acções operativas da Polícia Nacional, foram remetidos, de forma célere, ao Tribunal Provincial de Benguela, durante o primeiro semestres do corrente ano.

21/10/2020  Última atualização 12H02
DR

O anúncio foi feito, no final de semana, pelo comandante provincial da Polícia Nacional, comissário Aristófanes dos Santos, durante o primeiro Conselho de comandantes, que visou avaliar a situação da segurança pública, no primeiro semestre do ano, a nível da província.
De acordo com o comandante da Polícia Nacional em Benguela, 71 por cento dos processos foram já esclarecidos.
A celeridade que se deu no encaminhamento, tratamento e análise dos processos, junto do tribunal, acrescentou, facilitaram a recuperação de 21 viaturas de diversas marcas, que haviam sido furtadas, 124 telemóveis, a apreensão de 33 armas de fogo, 271 ciclomotores e 632 quilogramas de estupefacientes (liamba).

O comissário Aristófanes dos Santos reiterou a necessidade do reforço da prevenção e combate à criminalidade, nos bairros e cidades, para se pôr fim aos crimes violentos, como homicídios, violações e roubos, que ocorrem com recurso à arma de fogo.
Exortou a todos os responsáveis dos comandos municipais no sentido de intensificarem as acções policiais, com vista a garantir mais e melhor segurança.
O encontro analisou o estado organizacional e funcional dos comandos municipais da Polícia Nacional, a situação da criminalidade nos dez municípios da província de Benguela, durante o primeiro semestre do corrente ano, bem como foram traçadas novas estratégias para reforçar a segurança durante o período da quadra festiva que se avizinha.

SIC detém 52 indivíduos

O Serviço de Investigação Criminal (SIC) deteve 52 indivíduos, com idades compreendidas entre 17 e 38 anos, acusados de praticar crimes de natureza diversa, com recurso à arma de fogo, em bairros periféricos de Benguela.
De acordo com o porta-voz do SIC, Victorino Kotingo, os detidos tinham em posse diversos artigos, com destaque para cinco armas de fogo, sendo quatro do tipo AKM e uma pistola, com os respectivos carregadores, contendo 21 munições, motorizadas de diversas marcas e televisores.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Sociedade