Economia

Bebidas são relevantes entre as marcas

Ana Paulo

Jornalista

Setenta e cinco por cento das etiquetas referenciadas no “Top 20 Mais” do Ranking Superbrands, apresentadas há dias pela subsidiária angolana da Key Research, inclui o sector de bebidas como dos mais destacados no estudo ao consumidor sobre “as marcas que lhes são mais relevantes”.

16/05/2022  Última atualização 10H25
Das 20 marcas mais referenciadas pelos consumidores estão Água Pura, Cuca, Tio Lucas e Dona Xepa © Fotografia por: DR

Os cerca de 75% das marcas referenciadas no "Top 20+” se distribuem, essencialmente, por três principais sectores de actividade (bebidas, automóvel e tecnologia). O sector angolano de bebidas é líder do Ranking Superbrands, com 47,8 por cento, acompanhado pelo dos automóveis, com 15, 4 por cento, de acordo com os dados da empresa Key Research.

Seguindo a sequência, explicou o director-geral da Key Research, Paulo Santos, o sector da tecnologia está no top com 14,1 por cento, o da alimentação com 12,3 por cento e o dos cuidados pessoais com 10,4 por cento.

Este estudo desenvolvido pela Key Research, uma consultora internacional especializada em market inteligence, teve por objectivo perceber a forma como cada um dos consumidores encara as marcas que lhe são mais relevantes e as que se encontram no seu top of mind, independentemente da razão que as torna relevantes.

 Foco para ranking

O Estudo aborda um painel de consumidores, representativos da demografia da população angolana, pedindo que sejam indicadas, de forma espontânea, três marcas por cada uma das diferentes dimensões em avaliação, como notoriedade, identificação com a marca, satisfação de necessidades, unicidade e confiança.

Das 20 marcas mais referenciadas pelos consumidores, a Água Pura, Cuca, Tio Lucas e Dona Xepa estão em destaque, entre uma série de outras marcas multinacionais. Entre as bebidas do "Top 20+” constam a Água Pura, Coca-Cola, Nocal, Cuca, Fanta, Blue, Vinul, Eka e Sprite, quando no "Top 10+” apenas aparecem a Fanta, Cuca e Sprite. Já no "Top 3+”, no conjunto das marcas, estão apenas duas bebidas (Água Pura (primeiro) e Coca-Cola (segundo).

No sector automóvel aparece como líder a marca Toyota, que também é a terceira para o "Top 3+”, e na classe dos "cuidados pessoais”, os consumidores, essencialmente dos 15 aos 34 anos, preferem produtos da marca Nívea.

Entre as 20 marcas mais referenciadas pelos consumidores, destacam-se quatro de padrão angolano, nomeadamente Água Pura, Cuca, Tio Lucas e Dona Xepa, num grupo de variadas marcas multinacionais.

 Estudos Superbrands

Os estudos para o Ranking Superbrands foram realizados entre os dias 14 e 24 de Fevereiro, com uma amostra de homens e mulheres com idade igual ou superior a 15 anos. Luanda teve 18 pontos de recolha de amostras. Nesse período, foram realizadas 1.015 entrevistas válidas, com margem de erro de menos 3,1 por cento, para um intervalo e confiança de 95 por cento.

Segundo a Key Research, "o processo de referenciação foi realizado de forma livre e espontânea, onde cada inquirido referiu as marcas que primeiro lhe ocorreram”, de entre as cinco categorias referidas, e a avaliação permite perceber a forma como o público é impactado pelas marcas e qual a sua relação com as mesmas.

"Os resultados deste estudo permitiram, por exemplo, perceber que as marcas com as quais o público se identifica nem sempre têm a mesma relevância daquelas que melhor satisfazem as suas necessidades”, referiu Paulo Santos. Também, o modelo de avaliação permite perceber que o motivo que torna as marcas relevantes pode variar significativamente, quer pela dimensão em análise, quer em termos geracionais, sublinhou.

Aquando da avaliação por marca, foi possível aferir diferenças significativas, já que, por exemplo, uma marca que na análise agregada tenha um lugar cimeiro, não significa que tenha, necessariamente, destaque em todas as dimensões.

Por outro lado, o facto de, numa análise integrada, a marca pode não enquadrar os lugares cimeiros, por exemplo Momo ou Tio Lucas que não integram a listagem do "Top 20+”, não invalida que estejam entre as marcas mais destacadas, quando analisadas nas dimensões "Reconhecimento” ou "Satisfação de Necessidades”, faz saber o estudo.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia