Desporto

BCI arrebata título da prova após bater Banco Económico

Mazarino da Cunha |

Jornalista

O Banco de Comércio e Indústria (BCI) venceu ontem na final o Banco Económico (BE), por 4-2, no campo do Grupo Desportivo da Banca (GDB), no Distrito Urbano da Maianga, em Luanda, para a segunda edição do torneio de futsal para os  funcionários bancários da capital.

14/10/2018  Última atualização 18H36
Eduardo Pedro | Edições Novembro © Fotografia por: Competição entre bancários registou grandes despiques

Osvaldo Kaluanda, do BCI, apontou dois dos quatro golos da sua equipa, enquanto Eudásio Guedes e Mário Cosme rubricaram os outros. Para a formação aniversariante, e organizadora da prova, marcaram Mário António e Etelvino Gomes.
Com este resultado, o BCI destronou o Banco BAI, vencedor da edição passada, disputada no Pavilhão Anexo I da Cidadela, no Distrito do Rangel.
Para o terceiro lugar, o Banco Sol ganhou a similar do Atlântico, por falta de comparência, também no campo da Banca.
Nas meias-finais, disputadas no dia 6 deste mês, no recinto desportivo da Maianga, o BCI goleou o Banco Atlântico, por 9-1, enquanto o Banco Económico suou bastante para vencer os confrades do Sol (3-2).
O torneio, que iniciou no dia 22 de Setembro, repartiu as equipas em duas séries (A e B) de quatro equipas, e foi disputado no sistema de todos contra todos a uma volta.
Os dois primeiros de cada série apuraram-se para as meias-finais do torneio, marcado pelo equilíbrio entre as formações dos trabalhadores bancários.
O Banco Económico (BE), organizador da prova, foi o primeiro da série A, seguido pela congénere do Atlântico (BA), Banco Nacional de Angola (BNA) e Banco de Desenvolvimento (BDA). Por seu turno, o Banco de Comércio e Indústria (BCI) venceu o grupo B, à frente do Banco Sol (BS), Banco Africano de Investimento (BAI) e Banco de Poupança e Crédito (BPC).
Mário António, do Banco Económico, foi o melhor marcador do torneio, com 14 golos apontados, enquanto Osvaldo Kaluanda (BCI), 11 tentos, ocupou o segundo lugar.
Ladislau Luís foi o guarda-redes menos batido do torneio, enquanto a equipa do BPC recebeu o troféu "Fair Play" da prova.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Desporto