Cultura

Banda Duia resgata alma dos conjuntos

Analtino Santos

Jornalista

Amantes e individualidades ligadas ao movimento cultural e da sociedade luandense testemunharam no passado sábado, no Restaurante Fanta, no Kinaxixi, em Luanda, o lançamento da Banda Duia, no passado sábado, os filhos de Eduardo Garcia Adolfo “Duia” e de Maria João Bernardo Adolfo.

06/09/2021  Última atualização 09H05
Mercado nacional tem, desde sábado, novo conjunto musical © Fotografia por: Vigas da Purificação| Edições Novembro
Carlos Lamartine, um dos presentes, não se conteve e em lágrimas, afirmou que "esta é a nossa cultura e não aquela que nos querem impor, preservem o legado do vosso pai”.
No momento cultural foi apresentada a nova formação, sendo  a base os irmãos Duia: Pirica (violão solo-ritmo), Bebé (bateria), Mara (cavaquinho e voz), Jandaia (baixo e voz) e Chinda (voz principal e dikanza). Complementam a formação, Nanutu (saxofone), Nelas do Som (guitarra solo e ritmo), Chico Santos (congas e voz) e Rufino Ciprino (teclados e chefe do conjunto).

Nesta nova fase, na qual os manos convidaram colegas e parceiros de trabalho, contam com Romeu Prata como agente e promotor, que abraçou o projecto nos ultimos dois meses. Nanutu foi o porta-voz da Banda Duia e revelou que a intenção é conquistar o espaço nacional e não só, não descartando o lançamento de um disco. O local de ensaios neste momento é a residência de Kinito Trindade, renomado baixista já falecido.

Foram dois momentos de música ao vivo, o primeiro aconteceu com o instrumental "Lamento de Duia”, um clássico do pai, na sequência recorreraram a temas como "Mamã Ietu”, "Belina”, "Nzala”, "Carolina” , "Nguxi”, "Kissaca”, "Merengue Rebita”, "Fuba” e outros sucesos nacionais de artistas como Lourdes Van-Dúnem, Artur Adriano, Dualy Jair, Paulino Pinheiro e Nany. O segundo momento foi o mais emocionante, Chinda e Jandaia brindaram e mexido com os presentes na interpretação dos temas "Nga zuze” e "Mariana”, dois dos principais sucessos do Conjunto Os Gingas.

Carlos Lamartine não se conteve e subiu ao palco para encorajar o conjunto, pois sugeriu que assim seja chamado e não banda. O músico apelou às autoridades a invistirem e apoiarem os projectos mais endogenos.
É o artista, que mais uma vez se juntou ao palco para cantar com os filhos do amigo.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Cultura