Economia

Banco Sol diz ter "recuperado maior parte" do dinheiro retirado ilicitamente

O Conselho de Administração do Banco Sol informou ter recuperado a maior parte dos valores retirados do sistema financeiro da instituição, através de constatações efectuadas no âmbito dos controlos implementados.

14/05/2022  Última atualização 14H41
© Fotografia por: DR

Em comunicado enviado hoje ao Jornal de Angola, o banco esclarece: "quanto aos clientes, cujas contas supostamente terão sido envolvidas nesta fraude, devido ao dever de sigilo bancário e de confidencialidade, não pode partilhar os detalhes".

"Apesar de reconhecermos que existem algumas fragilidades e vulnerabilidades internas, no caso concreto desta ocorrência, é importante referir que a mesma só foi possível concretizar-se, devido a conivência de trabalhadores desonestos, que insistem em práticas lesivas à instituição, quebrando procedimentos instituídos", afirma o Banco Sol.

"O Conselho de Administração, em nome de toda equipa do Banco Sol, assegura aos seus clientes que está preocupado com o assunto e reafirma o seu fiel compromisso em continuar a desenvolver esforços no sentido de conferir maior segurança, sustentabilidade económica e financeira à instituição, reforçando os sistemas de controlo interno, aperfeiçoando a gestão dos riscos e melhorando o nível de prestação de serviços e, desta forma, continuar a desempenhar um papel importante no apoio às empresas e às famílias Angolanas", lê-se no comunicado.

Segundo o Banco Sol, o acto ocorreu no dia 28 de Março do corrente ano, graças aos alertas e controlos implementados nos sistemas de auditoria interna, foram detectadas operações suspeitas, realizadas no dia 26 de Março (Sábado), que culminaram com a conferência de imprensa realizada quinta-feira Serviço de Investigação Criminal (SIC) de Luanda.

 

 

 

 

 

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia