Sociedade

Banco Mundial financia programa de combate à seca e a desnutrição

Carlos Paulino | Menongue

Jornalista

Perto de 100 mil pessoas afectadas pela estiagem no ano passado, nos municípios de Menongue, Calai, Cuchi, Cuangar e Dirico, província do Cuando Cubango, estarão a receber o apoio do Banco Mundial, no valor de um milhão e meio de dólares, no quadro do programa multissectorial de combate à seca e de reforço nutricional.

24/07/2020  Última atualização 16H52
DR

O projecto, que está ser implementado desde Maio pela Organização Não-governamental Word Vision, tem duração de um ano e deve beneficiar mais de 70 mil crianças com desnutrição severa, bem como deve fornecer água potável a mais de 18 mil pessoas, além de apoio técnico e de imputes agrícolas a cerca de dois mil camponeses dos municípios abrangidos.

Em declarações ao Jornal de Angola, o responsável para os programas de emergência da Word Vision em Angola, Robert Jan Bulten, explicou que o projecto tem quatro componentes de intervenção, sendo uma de carácter nutricional e outras de abastecimento de água potável, agricultura e protecção de crianças.

Robert Jan Bulten sublinhou que, na componente nutricional, procura-se reforçar a capacidade do sistema de saúde, através de formação de médicos, enfermeiros e agentes comunitários em matéria de identificação e tratamento de crianças com desnutrição severa. 

O responsável da Word Vision acrescentou que, nesta componente, as unidades sanitárias serão reforçadas com equipamentos, para melhorar a assistência médica e medicamentosa às crianças com problema de má nutrição, com realce para balanças, altímetros, fitas métricas e alimentos terapêuticos e suplementares.

Os meios já foram adquiridos a partir da França e do Canadá, mas aguarda-se ainda a chegada dos mesmos ao país, no mês de Agosto.
Quanto ao fornecimento de água potável, espera-se pela reabilitação de 20 furos que se encontram em estado de abandono nos municípios de Menongue, Calai, Cuchi, Cuangar e Dirico.

Robert Jan Bulten realçou que, no campo agrícola, o apoio vai no sentido da criação de hortas comunitárias e escolares, com sistemas próprios de irrigação, para aumento da produção de hortícolas e para a melhoria da dieta alimentar das famílias. Relativamente à protecção de crianças, a Word Vision pretende trabalhar, em estreita colaboração com o Instituto Nacional da Criança (INAC), no reforço da defesa dos direitos da criança e no desenvolvimento integral dos petizes, através de campanhas de sensibilização e palestras.

Robert Jan Bulten recordou que esse programa multissectorial de combate à seca e de reforço nutricional tem um financiamento global do Banco Mundial de seis milhões de dólares e abrange também as províncias do Cunene, Huíla e Namibe, que também foram assoladas severamente pela estiagem, no ano passado.

O responsável referiu que na província do Cuando Cubango foram seleccionadas apenas os municípios de Menongue, Calai, Cuchi, Cuangar e Dirico, por serem as localidades que, de acordo com um estudo de avaliação nutricional realizado no mês de Dezembro do ano passado, têm taxas elevadas de prevalência de casos do género, em consequência da estiagem que assolou a região.

No quadro da implementação do projecto já foram formados 34 técnicos de saúde, entre médicos e enfermeiros de diferentes unidades sanitárias.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Sociedade