Economia

Banco Mundial e Governo renovam projecto MOSAP

Eduardo Cunha | Malanje

Jornalista

O Banco Mundial (BM) está a negociar com o Governo a renovação da operação de assistência financiada à produção e comercialização de bens agrícolas, montando o terceiro Projecto de Agricultura Familiar e Comercialização (MOSAP 3), anunciaram altos funcionários da instituição multilateral, em Malanje.

24/10/2021  Última atualização 07H32
Quadros seniores do BM Isabel Leão (à esquerda) e Choba Chet © Fotografia por: Eduardo Cunha | Edições Novembro
A declaração foi proferida pela especialista sénior em Desenvolvimento Rural para Prática da Agricultura de Alimentação e pela gestora de Prática  Agrícola do BM para a África Isabel Leão e Austral, Choba Chet, que visitaram Escolas de Campo para Agricultores (ECA) em Malanje, na quinta-feira.

Segundo Isabel Leão, decorrem negociações com o Governo de Angola para o lançamento do MOSAP 3, que dá continuidade ao Mosap 2, assim como para a renovação do  Projecto de Desenvolvimento da Agricultura Comercial (PEDAC), os quais disse estarem a produzir  resultados satisfatórios.

"Tive a possibilidade de visitar as Escolas de Campo e vejo que, aqui, em Angola, existe um grande trabalho no sector agrícola”, disse  Isabel Leão.

A gestora em Prática Agrícola para a África Austral Choba Chet manifestou satisfação com as constatações relativas ao desenvolvimento do projecto Mosap 2: "estamos a fazer progressos assinaláveis nos dois projectos financiados pelo Banco Mundial que é o MOSAP 2 e o PEDAC, que resultaram em boas práticas que podem ser realizadas no futuro”, disse.

"Achamos que agricultura é um sector importante que pode ajudar o país a diversificar a economia e estamos a discutir a possibilidade de continuar o nosso apoio ao sector, com base nos resultados que estamos a obter no MOSAP 2 no PEDAC”, afirmou Choba Chet.

O coordenador provincial do MOSAP 2, Paulo Sozinho, considerou que o projecto está na fase final, mas os resultados são promissores a nível da satisfação dos produtores familiares apoiados pelo projecto.

Implementado em 2016, com a designação de MOSAP e, posteriormente, MOSAP 2, o projecto foi criado para elevar os níveis de segurança alimentar e reduzir a pobreza no meio rural, por meio do aumento da produção e comercialização.

Além de Malanje, o MOSAP II está a ser implementado nas províncias do Huambo e Bié, nas quais foram criadas 3 972 Escolas de Campo e capacitadas 97 159 famílias camponesas.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia