Regiões

Bairros periféricos do Cuito com mais energia eléctrica

Mais de 300 postes de energia eléctrica, com lâmpadas duplas de 250 wotts, estão a ser instaladas nos bairros periféricos do Cambulucuto, Camalaia, Cangote, Piloto, S. José e Castanheira, na cidade do Cuito, província do Bié, no âmbito do Projecto de Iluminação Pública do Governo Provincial , iniciado no passado mês de Junho.

11/08/2019  Última atualização 08H01
João Constantino | Edições Novembro | cuito © Fotografia por: Panorâmica de um bairro periférico da cidade do Cuito, onde decorrem acções para melhorar a qualidade de vida da população

O projecto energético está focado para as zonas que nunca tiveram energia da rede pública, quer em locais públicos, quer em domicilios, e que por este facto registam índices de criminalidade e acidentes no período nocturno.

Os trabalhos contemplam a recuperação das antigas luminárias com painéis solares e a aplicação de novos postes com energia térmica em todo o casco urbano da cidade do Cuito.
Júlio Capingãla, um dos moradores do bairro Cambulucuto, disse ao Jornal de Angola que a instalação de luminárias públicas, além de dar outra imagem às localidades, vai inibir sobremaneira a criminalidade, pois os marginais aproveitavam-se da escuridão para efectuarem as suas acções .
Com 40 anos, Julino Capingãla disse que testemunhou inúmeros acidentes e atropelamentos mortais na avenida do Aeroporto Joaquim Kapango, devido a escuridão.
“O Governo está a mostrar que se quer devolver o conforto e a segurança aos citadinos da periferia da cidade do Cuito”, frisou. Mateus Kussumua, que habita no bairro Cangote há muitos anos, espera que o processo de electrificação se estenda a todas as residências da localidade. “ Espero que o Governo Provincial do Bié faça chegar a energia eléctrica a todas as casas do bairro Cangote”, disse.

Megawatts instalados
Actualmente a cidade do Cuito tem uma capacidade energética de 30 megawatts, mas está a consumir apenas 19, por falta de infra-estruturas. O director do Gabinete Provincial dos Serviços Técnicos e Infra-Estruturas, Abel Paulo, disse ao Jornal de Angola que actualmente a capital do Bié tem capacidade energética para beneficiar outros municípios que apresentam deficiência no sector.
Abel Paulo informou que o sector de Energia e Águas na cidade do Cuito será reforçado brevemente com mais 20 megawats, com a conclusão da nova central térmica, que vai dar lugar a extensão da rede domiciliar.
“O nosso programa passa pela recuperação, expansão e a manutenção dos bens do sector”, adiantou.
Em paralelo às obras no sector da Energia, decorre a recuperação das infra-estruturas rodoviárias nas sedes municipais e comunais, no âmbito do Programa Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM).
Segundo o director do Gabinete Provincial dos Serviços Técnicos e Infra-Estruturas,vão ser terraplanadas na província do Bié 630 quilómetros de estradas e asfaltado 67 quilómetros.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Regiões